Home / Comunicação / Cresce no Brasil o turismo de imersão rural

Notícias

02/02/2022

Compartilhe esta notícia:

Cresce no Brasil o turismo de imersão rural

02022022 turismoRuralHá uma crescente busca de turistas por produtos e serviços que despertem emoções únicas e façam sentido. Por causa dessa nova configuração, surge o serviço baseado na experiência, que proporciona momentos de prazer que permanecerão na memória do turista, fazendo com que ele desenvolva uma ligação emocional com o serviço. O turismo por si é uma atividade experiencial, pois o indivíduo deixa seu local habitual para viver no espaço de outros, alterando sua rotina.

Nos passeios tradicionais, em geral, os pontos de visitação são escolhidos pelo turista, que entra no ônibus a partir do hotel e só desce no local a ser visitado, sem qualquer interação mais profunda com o local. Já no turismo de experiência pode-se observar a interação real com o espaço visitado. É uma maneira de atingir o turista de forma mais emocional, por meio de experiências, com a ideia de estimular vivências e o engajamento em comunidades locais que geram aprendizados significativos e memoráveis. Este modelo de turismo não é novidade, antes a atividade era associada a roteiros exóticos ou esotéricos, hoje é considerado como qualquer viagem que agregue valor ao turista.

Turismo de experiência nos Municípios
No Brasil as propriedades rurais saíram na frente no quesito turismo de experiência. Os fazendeiros que têm lavouras ou criações de animais perceberam que receber visitantes, hospedá-los e proporcionar vivências reais é altamente lucrativo, principalmente no momento atual, em que a pandemia de Covid-19 fortalece cada vez mais esse tipo de turismo. O turismo de imersão rural proporciona ao viajante a oportunidade de percorrer sítios, fazendas de famílias tradicionais, aprender sobre a cultura e história, sobre o tipo de cultivo e as tradições locais. Essa modalidade de turismo beneficia as comunidades locais social e economicamente.

A equipe técnica de turismo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta a importância do turismo de experiência para o desenvolvimento municipal, já que esse nicho é o responsável por percentuais significativos nas receitas. A atividade turística se diferencia de outras atividades econômicas por possuir, como uma de suas principais características, a possibilidade de estimular segmentos e toda uma cadeia produtiva local, com destaque para os segmentos de prestação de serviços como da hotelaria, alimentos e bebidas, agências de viagens, além do oferecido em outras áreas, como o setor de transportes.

Além de estimular a atividade econômica nos Municípios, o turismo promove o desenvolvimento da infraestrutura local, que atende à população, como estradas, aeroportos, saneamento básico, saúde e segurança, em razão do efeito multiplicador na economia gerado pela implantação da atividade turística nos Municípios.

Da Agência CNM de Notícias com informações do Sebrae


Notícias relacionadas