Home / Comunicação / Dia D da campanha de multivacinação de crianças e adolescentes será sábado

Notícias

14/09/2017

Compartilhe esta notícia:

Dia D da campanha de multivacinação de crianças e adolescentes será sábado

14092017 dia D MSDia D da Campanha Nacional de Multivacinação de crianças e adolescentes será neste sábado, 16 de setembro. A ação começou dia 11 de setembro e segue até o dia 22, mas os 36 mil postos fixos de vacinação do País estarão abertos neste sábado para fornecer imunizações a 47 milhões de menores de até 15 anos.

O slogan desse ano é Todo mundo unido fica mais protegido, e a meta é alcançar todas as crianças e adolescentes não vacinados e, com isso, iniciar ou completar os esquemas de imunização. Para isso, todas as unidades da Federação devem participar da ação e 350 mil profissionais estarão envolvidos na campanha.

Esquema
O Ministério da Saúde (MS) fez algumas alterações no esquema vacinal, por isso os pais devem comparecer aos postos de saúde para checar a caderneta de vacinação. Houve alteração nas vacinas meningocócica C, pneumocócica 10 valente, Papiloma Vírus Humano (HPV), febre amarela e dTpa.

Ano passado o Brasil registrou a menor cobertura vacinal dos últimos 10 anos, e por isso a campanha deste ano deve resgatar os não vacinados em 2016. O Ministério alerta que muitas doenças que foram erradicadas no Brasil ou mesmo controladas ainda não estão eliminadas e podem representar risco para não vacinados.

Prevenção
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta a importância de manter a caderneta de vacinas das crianças e adolescentes em dia, principalmente porque a imunização é a ação que mais se destaca contra a instalação de doenças no organismo, a prevenção continua sendo o melhor investimento.

De acordo com a entidades, os gestores devem fortalecer as campanhas e incentivar a população a procurar as unidades de saúde para informações e a vacinação. Os Municípios que atingem as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde quanto a imunização mantém sua população livre de doenças e ainda economiza diminuindo custos com o tratamento de doenças.

Com informações da ABr


Notícias relacionadas