Home / Comunicação / Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência é celebrado em 11 de fevereiro

Notícias

11/02/2021

Compartilhe esta notícia:

Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência é celebrado em 11 de fevereiro

11022021 reproducacao youtube canal onu newsEstabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) desde a criação da Agenda 2030 pela promoção do Desenvolvimento Sustentável, o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência é celebrado em 11 de fevereiro. O tema da edição 2021 é Investimento em ações em ciência, tecnologia e inovação na Era da Digitalização para o Desenvolvimento Sustentável.

A área técnica de Juventude e Mulheres da Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que o conceito de desenvolvimento sustentável, cunhado pelas ONU, vai além do viés ambiental. A ideia para que o desenvolvimento seja de fato sustentável engloba três elementos cruciais: crescimento econômico, inclusão social e proteção do meio ambiente.

Sob a liderança da Unesco e da ONU Mulheres, são promovidos eventos em diversos países, com atividades que visam dar visibilidade e sensibilizar acerca do papel e das contribuições fundamentais das mulheres nas áreas de pesquisa científica e tecnológica. A ciência e a igualdade de gênero são vitais para a conquista das metas de desenvolvimento estabelecidas internacionalmente, incluindo a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Tecnologia como aliada
Pensar no uso das tecnologias de maneira sustentável e como aliada na promoção do desenvolvimento local é uma ação que deve estar cada vez mais presente na realidade municipal. Para a promoção de uma gestão pública inovadora e que possui a tecnologia como aliada, é necessária a integração e eficiência das políticas públicas, inovando a partir do uso de dados qualificados no planejamento, na execução, no monitoramento e na avaliação dessas políticas, agregando a participação social em todo o processo.

Pensando a partir da reflexão gerada pela data celebrada neste 11 de fevereiro, faz-se necessário planejar e pensar políticas públicas concretas que garantam que a produção científica e a atuação no mercado de trabalho reflitam a diversidade de nossa sociedade. A longo prazo, é fundamental que as questões de gênero tenham reflexo nesse desenho de políticas públicas, garantido que mais meninas e mulheres se interessem pela área de ciências exatas e tecnológicas. É preciso que ainda que o ciclo de políticas públicas esteja comprometido com a inclusão de uma nova geração de profissionais mulheres, em toda a sua diversidade.

11022021 onu mulheres vietna pham quoc hungA inovação e as ações para Municípios mais inteligentes devem focar mais a gestão, a governança e a integração do desenvolvimento econômico, territorial, social e sustentável, para que sejam encontradas soluções às grandes limitações enfrentadas pelos gestores municipais. É possível a criação de políticas públicas por meio da análise da realidade local, estimulando o acesso a serviços a partir da utilização de ferramentas adaptadas à realidade dos Municípios brasileiros.

A nível federal, em outubro de 2020, foi editada a Política Nacional de Inovação, por meio do Decreto Federal 10.534/2020. Sua finalidade é garantir a inovação no ambiente produtivo e social para enfrentar os desafios do desenvolvimento do país.

Liderança feminina
A boa prática de gestão identificada pelo prêmio MuniCiência da CNM e parceiros, durante o período de 2016 – 2020 em Monteiro Lobato (SP) sob a liderança da então prefeita Daniela de Cássia, é um exemplo de como um Município de pequeno porte pode promover uma gestão inteligente e trabalhar políticas públicas que promovam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

O Projeto Cidade Inteligente, Humana e Encantada (CIHE) 2030 desenvolvido pela prefeitura consistiu na implementação de políticas públicas voltadas ao atendimento dos ODSs da ONU. Seu objetivo foi proporcionar aos habitantes e visitantes do Município a melhor experiência possível quanto à qualidade de vida e aos serviços públicos eficientes com desenvolvimento de modo sustentável, respeitando as pessoas, o meio ambiente e economizando recursos públicos com a busca pela eficiência administrativa.

Acesse a aba Inovação e Municípios Inteligentes da CNM para conhecer mais dessa nova área da entidade.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da ONU e da Unesco
Fotos: Reprodução Youtube/ONU News e ONU Mulheres Vietnã/Pham Quoc Hung


Notícias relacionadas