Home / Comunicação / Dia Mundial da Saúde: CNM faz reconhecimento a todos os profissionais da área

Notícias

07/04/2020

Compartilhe esta notícia:

Dia Mundial da Saúde: CNM faz reconhecimento a todos os profissionais da área

07042020 arte agenica onuImagine a seguinte situação, enquanto todo mundo se resguarda de uma situação perigosa, sua vida e família estão expostas ao risco eminente de serem afetadas a qualquer momento. Conseguiu visualizar a cena? Pois é exatamente isso que ocorre com milhares de profissionais da saúde, que estão na linha de frente das ações de controle da transmissão do novo coronavírus (Covid-19), nos últimos meses. A eles, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) presta homenagem no Dia Mundial da Saúde.

Por meio dos milhares de servidores municipais da área de saúde, a CNM reconhece a importância e o valor daqueles que doam sua vida para salvar a vida dos outros. Em meio a pandemia de coronavírus e mais de 78 mil mortes em todo o mundo, o dia 7 de abril, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), chama a atenção das pessoas para a necessidade de equilibrar o bem-estar físico, mental e social. E também para as medidas preventivas de contágio, no caso da Covid-19.

"A árdua tarefa de atender às necessidade dos brasileiros recai sobre os ombros dos Municípios, sobre cada profissional de saúde, que não pode furtar-se às suas responsabilidades para cuidar de suas famílias, ou até mesmo manter-se isolado dela, neste momento tão dramático", lembra o presidente da CNM, Glademir Aroldi. Emocionado, o líder municipalista compara o cenário atual com uma guerra, em que médicos, enfermeiros, técnicos, paramédicos, farmacêuticos, motoristas, profissionais de limpeza são os soldados.

Em todo o país, muitas pessoas cumprem o isolamento social, medida preventiva instituída pelo poder público, em seus lares. Mas, milhares enfrentam a precariedade dos recursos financeiros, de insumo e de materiais para atender aqueles que precisam de socorro. A CNM reconhece que esses profissionais acabam por expor também seus familiares à vulnerabilidade de contrair o vírus, e eles merecem o respeito e o reconhecimento de todos. "Em minhas preces, peço a Deus que guarde cada um de vocês", disse Aroldi.

Dados
Segundo levantamento da CNM, são mais de 3 milhões de profissionais de saúde registrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES/MS), dos quais 1,5 milhão pertence à Administração Pública Municipal, o que representa 48,3% do total de profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS). A área de saúde da entidade destaca a contribuição de cada profissional atuante no país para que as previsões de mortes não se concretizasse no Brasil, e lamenta os óbitos registrados até o momento, entre os quais também estão alguns desse profissionais.

Apesar da realidade nacional ser bastante diferente do restante do mundo, e da curva de crescimento para algumas localidades estar prevista para o fim de maio, a entidade lembra dos avanços obtidos até aqui. Dentre eles, recursos adicionais para viabilizar melhores condições de trabalho e atendimento, mais de 120 casos de cura e pesquisas que indicam os avanços do tratamento com a hidroxicloroquina.

Acesse aqui a campanha da CNM Municípios no enfrentamento ao novo coronavírus.

Por Raquel Montalvão
Imagem: Agência ONU Brasil
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas