Home / Comunicação / Dia Mundial das Cidades marca encerramento da campanha Outubro Urbano

Notícias

31/10/2022

Compartilhe esta notícia:

Dia Mundial das Cidades marca encerramento da campanha Outubro Urbano

31102022 itanhaem foto prefeituraAs atividades e ações da campanha global do Outubro Urbano encerram nesta segunda-feira, 31 de outubro. A iniciativa do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) foi divulgada neste mês pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com o intuito de apoiar os gestores municipais no desenvolvimento de ações sobre a temática.

A campanha Outubro Urbano incentiva ações e debates sobre os desafios enfrentados nas cidades pela população. O mês é marcado pelas duas datas mais importantes do desenvolvimento urbano: o Dia Mundial do Habitat, neste ano celebrado em 3 de outubro, e o Dia Mundial das Cidades, comemorado em 31.

Em 2022, o tema do Dia Mundial das Cidades é “Agir local, pensar global”. O objetivo é debater a importância da ação local para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da Nova Agenda Urbana para a redução das desigualdades.

De acordo com informações da ONU, mais da metade de todas as pessoas vivem atualmente em áreas urbanas e, até 2050, serão mais de dois terços de habitantes. Para as próximas décadas, é previsto o seu crescimento contínuo. A urbanização contribui, por um lado, para o crescimento econômico, mas, por outro, contribui para o aprofundamento das desigualdades existentes entre cidades, entre áreas urbanas e rurais e dentro do próprio território urbano, quando não bem planejado.

Ações CNM
Em outubro, a CNM promoveu relevantes iniciativas para engajar a gestão local. Com representantes das áreas de Planejamento Territorial, Defesa Civil e Assistência Social promoveu edição do Bate-Papo CNM sobre as Interfaces da Habitação, em contextos de vulnerabilidades, em celebração ao Outubro Urbano e ao dia global de redução dos riscos de desastres.

No contexto do Outubro Urbano, o ONU-Habitat criou o Circuito Urbano para dar visibilidade e apoio institucional a eventos organizados com a temática desenvolvimento urbano sustentável. Neste ano, a entidade municipalista e parceiros participaram com o debate virtual “Planos diretores e gênero: Desafios e possibilidades”. Na ocasião, a CNM apresentou um diagnóstico inédito sobre os Municípios liderados pelas prefeitas e os desafios da agenda de gênero nos planos diretores.

Encerrando as atividades, a área de Trânsito e Mobilidade Urbana da Confederação participou de debate sobre o tema Estratégia 2030 da Bicicleta no Brasil. O evento foi promovido pela Estratégia Nacional da Bicicleta (Enabici) para apresentar o trabalho que é desenvolvido para regulamentação do Programa Bicicleta Brasil (PBB).

A Enabici é uma agenda de diretrizes e objetivos para orientar ações para promover a mobilidade por bicicleta até 2030. Ela está sendo construída por iniciativa da União de Ciclistas do Brasil desde 2019, que instituiu um Grupo Gestor composto por organizações que representam diversos setores interessados na promoção da mobilidade por bicicleta, no qual a CNM atua como representante dos Municípios brasileiros.

Da Agência CNM de Notícias
Foto: Prefeitura de Itanhaém/SP


Notícias relacionadas