Home / Comunicação / Edital pretende premiar 351 vídeos produzidos por jovens sobre cidadania

Notícias

10/09/2019

Compartilhe esta notícia:

Edital pretende premiar 351 vídeos produzidos por jovens sobre cidadania

Divulgação/Cultura.gov.brTrezentos e cinquenta e um vídeos sobre histórias de vida, que sirvam como exemplo para a promoção da cidadania, produzidos por jovens – de 12 a 18 anos – serão premiados pelo Ministério da Cidadania. Lançado em 4 de setembro, o edital #amorpeloBrasil prevê distribuir R$ 2 milhões entre prêmios e capacitações aos selecionados. As inscrições podem ser feitas até 21 de outubro, por meio da plataforma Mapas Culturais.

Os vídeos devem ser inéditos e originais, ter classificação indicativa livre e duração de um a dois minutos, sem a necessidade de créditos. Também precisam ser gravados por celular, especificamente para concorrer ao edital, e publicados em plataformas digitais gratuitas e de livre acesso. É proibida a inscrição de vídeo com discurso de ódio, discriminatório ou que faça propaganda política partidária.

As produções devem destacar bons exemplos, de modo a revelar, reconhecer e promover jovens que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira. Também devem tratar sobre temas que:
    a) desenvolvam as diversas dimensões do ser humano, tais como física, emocional, social, cultural e ética;
   b) articulem atores, espaços e saberes para promover o desenvolvimento das pessoas, integrando os espaços físicos da comunidade e os saberes comunitários;
    c) enfrentem as desigualdades sociais; e
    d) criem arranjos diversificados e intersetoriais: responsabilidades partilhadas e sintonia com os contextos locais.

Caso seja necessário, o proponente deverá arcar com o pagamento de direitos autorais. Além disso, os vídeos devem exibir iniciativas gratuitas ao seu respectivo público-alvo, que repercutam favoravelmente na qualidade de vida da população por meio de ações relacionadas à promoção e proteção social; valorização da cultura, história e identidade das comunidades envolvidas; e/ou inclusão social, promoção e valorização pessoal por meio da prática esportiva. A seleção promovida pela Secretaria do Audiovisual da Secretaria Especial da Cultura ocorrerá em duas etapas.

Premiação 
A iniciativa propõe viabilizar a premiação de até 12 vídeos com, no mínimo, R$ 3 mil, em cada um dos 26 Estados e no Distrito Federal, sendo ao todo premiados, no máximo, 324 vídeos. Na segunda etapa, os jovens classificados em primeiro lugar em cada uma das 27 unidades federativas participarão, acompanhados por responsável legal, em Brasília, de capacitação na área do audiovisual, e também concorrerão a mais um prêmio, que vai variar de R$ 20 mil para o 1º lugar a R$ 5 mil para o 27º classificado.

Apesar de o edital não possibilitar que os Municípios sejam proponentes, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que as prefeituras podem divulgá-lo junto aos jovens agentes culturais locais, haja vista estimular iniciativas de promoção da cidadania e fomentar a cadeia produtiva do audiovisual em âmbito municipal. Em caso de dúvidas, a área técnica de Cultura da entidade pode ser contatada por meio do e-mail cultura@cnm.org.br ou pelo telefone: (61) 2101-6053.

Da Agência CNM de Notícias, com informações do Ministério da Cidadania
Foto: Divulgação/Cultura.gov.br


Notícias relacionadas