Home / Comunicação / Edital seleciona roteiros turísticos para a segunda edição do projeto Experiências do Brasil Rural

Notícias

17/02/2022

Compartilhe esta notícia:

Edital seleciona roteiros turísticos para a segunda edição do projeto Experiências do Brasil Rural

17022022 cafeCom objetivo de ampliar e diversificar a oferta turística brasileira através da inserção de produtos e serviços da agricultura familiar no mercado turístico do país, é lançado edital para a segunda edição do projeto Experiências do Brasil Rural, onde serão selecionados oito roteiros turísticos no total - um em cada região brasileira - pertencentes às cadeias agroalimentares do café, da farinha de mandioca, do mel e/ou da cachaça. Quando classificados os roteiros contarão com apoio técnico para estruturação dos destinos e empreendimentos, bem como a comercialização de produtos e serviços.

As inscrições estarão abertas de 7 de março a 1º de abril. Para participar, basta preencher o formulário que será disponibilizado aqui e enviar os documentos solicitados. De acordo com o cronograma a fase de habilitação ocorrerá do dia 4 de abril até o dia 22 do mesmo mês. Já a fase de classificação ocorrerá entre 25 de abril e 19 de maio. A lista final dos roteiros selecionados será divulgada no dia 20 de maio de 2022.

A iniciativa é resultado da parceria entre os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do Turismo (MTur) junto à Universidade Federal Fluminense (UFF), que é a responsável pela execução das atividades.

Os roteiros selecionados contarão com apoio técnico para estruturação dos destinos e empreendimentos, bem como a comercialização de produtos e serviços. Estão previstas capacitações de empresários, empreendedores e produtores rurais para a criação ou aprimoramento de roteiros e experiências, além disso, serão contemplados com uma pesquisa diagnóstica, que irá identificar as potencialidades e os possíveis desafios ao trabalhar a agricultura familiar como diferencial competitivo. De acordo com o resultado obtido pela pesquisa, será elaborado um plano de ação e inovação para superar os principais gargalos observados em cada roteiro turístico.

Também estão previstas atividades de capacitação envolvendo os produtores rurais, empreendedores e empresários, voltadas para a criação e o aprimoramento de roteiros de experiência que estejam aptos à comercialização e a iniciativa ainda promove a inserção dos produtos provenientes da agricultura familiar nos bares, restaurantes, meios de hospedagem, lojas de artesanato e outros equipamentos turísticos que compões os roteiros.

Para participar do processo de seleção, o roteiro turístico deve estar vinculado a uma das cadeias produtivas definidas pelo projeto (café, farinha de mandioca, mel e/ou cachaça). Além de possuir ao menos dois estabelecimentos da agricultura familiar, produzindo no mínimo um produto pertencente às cadeias produtivas de interesse do projeto, com Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) válida.

Outro pré-requisito é a apresentação de declaração de órgão oficial estadual ou municipal de turismo atestando a existência e o funcionamento do roteiro turístico. Todos os empreendimentos que compõem o roteiro devem estar situados nos municípios integrantes do Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021.

A equipe da Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra a importância do turismo para os produtores rurais, em especial o agricultor familiar. O segmento é tratado como possibilidade para o aumento da renda por meio da prestação de serviços turísticos e comercialização da produção associada ao turismo. Estes serviços e produtos englobam todas as atividades próprias da zona rural que podem ser oferecidas aos visitantes, tais como: a venda de produtos produzidos na localidade, artesanato, serviço de alimentação típica da região ou cultura, passeios e visitações guiadas, práticas rurais – como ordenhar vacas, tomar chimarrão ou preparar caldo de cana, tomar banho de rio ou cachoeira, caminhar pelos campos, visitar um engenho produzindo, ou seja, vivenciar a vida rural, com sua gastronomia, atrações e outros interesses.

O Turismo Rural está vinculado integralmente à existência da atividade turística agregada à produção agropecuária, seus atributos naturais e culturais que somados, incorporam valor ao produto turístico. Frequentemente, essas atividades estão relacionadas a artesanato, cultura, agronegócios, indústria e comércio, favorecem a preservação do meio ambiente e são responsáveis pela diminuição do êxodo rural.

Em caso de dúvidas, o candidato poderá acessar as informações no site oficial do projeto ou entrar em contato com a equipe técnica da UFF pelo e-mail experienciasdobrasil.npai.proppi@id.uff.br.

O Projeto Experiências do Brasil Rural é fruto de Acordo de Cooperação Técnica, firmado entre o MAPA e o MTur, em outubro de 2020, com o propósito de fomentar o turismo em áreas rurais do país, apoiando a promoção e a comercialização de produtos, serviços e destinos da agricultura familiar.

Foto: EBC

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas