Home / Comunicação / Em Minas Gerais, Carmo de Cajuru implanta projeto inédito de Cidades Inteligentes

Notícias

22/06/2020

Compartilhe esta notícia:

Em Minas Gerais, Carmo de Cajuru implanta projeto inédito de Cidades Inteligentes

22062020 carmo do cajuruO Município de Carmo do Cajuru (MG) desenvolve projeto inédito de parceria público-privada (PPP) de Cidade Inteligente. O projeto desenvolvido pelo Instituto de Planejamento de Gestão de Cidades (IPGC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e à Escola de Administração Pública de Minas Gerais (Fundação João Pinheiro) tem investimento estimado de R$ 64,5 milhões. O diferencial do plano estratégico inédito no País, é que a administração municipal não terá custos.

Localizado a 112 quilômetros de Belo Horizonte e com 22.478 habitantes, o Município mineiro promoverá a integração de três serviços ligados ao desenvolvimento urbano e social em uma só concessão. As organizações nacionais, que integram o consórcio, implementarão o modelo tridimensional que servirá de referência para os Municípios de pequeno e médio porte. O contrato assinado terá nove meses de implantação e já começa a operar em seguida.

A concessão administrativa tem duração de 25 anos para estruturação e manutenção da rede de iluminação pública e de telecomunicação do Município, além da implantação de usina de energia solar fotovoltaica. Dentre os benefícios estão os aspectos positivos para a segurança pública, a economia municipal e a qualidade de vida dos moradores com a melhora da iluminação pública, a integração administrativa pela rede de fibra ótica e a produção de energia solar para uso dos órgãos públicos. O Município também busca autonomia em energia, com a produção própria de energia solar.

Dentre os resultados previstos estão:
1) a instalação de 4,5 mil luminárias por led, em todo o perímetro urbano e nas sedes distritais de São José dos Salgados, Bom Jesus de Angicos e Santo Antônio da Serra, para aumentar a sensação de segurança noturna e reduzir o consumo energético;
2) a instalação de rede de dados articulados em 17 mil metros de fibra ótica para informatização total dos 35 órgãos e setores da administração pública municipal, incluindo um sistema de monitoração das vias públicas por 20 câmeras de vídeo – em dez pontos estratégicos – e a oferta de seis pontos de conexão Wi-Fi público de alta velocidade para usuários de internet; e
3) um sistema gerador de energia solar fotovoltaica de 1,02 MW, localizado no Município, capaz de atender a demanda pública local e ainda gerar tributos para os cofres públicos, a partir de 2022, quando essa geração poderá ser ampliada para 5 MW (MegaWatt - medida de energia) e atender o parque industrial.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca a iniciativa inovadora, e destaca que o projeto pode inspirar outras gestões municipais, lembrando que o investimento em iluminação pública promove maior segurança, eficiência energética e transformação de espaços públicos. Diversos outros impactos positivos devem resultar do plano, desde maior segurança pública a economia municipal e melhor qualidade de vida.

Leia também: Investir em iluminação promove os espaços públicos, maior segurança e eficiência energética

Da Agência CNM de Notícias, com informações da pref. Carmo do Cajuru


Notícias relacionadas