Home / Comunicação / Em Três Lagoas (MS), prefeitura divulga produtos dos artesãos, como máscaras de pano

Notícias

17/04/2020

Compartilhe esta notícia:

Em Três Lagoas (MS), prefeitura divulga produtos dos artesãos, como máscaras de pano

Associação dos artesãos de Três Lagos (MS)Os gestores municipais de cultura estão mobilizados, atuando para diminuir o risco de transmissão do novo coronavírus (Covid-19) e para minimizar os impactos negativos na população e no setor cultural local. Em reconhecimento às iniciativas e para motivar outros gestores a buscarem soluções, a área técnica de Cultura da Confederação Nacional de Municípios (CNM) está divulgando, durante a pandemia, boas práticas de Entes locais que uniram esforços para superar os atuais desafios do segmento.

No Município de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, a Diretoria de Cultura da Secretaria Municipal de Cultura está à frente da gestão da Casa do Artesão, que apoia os artesãos locais cadastrados. Devido à necessidade de evitar aglomerações de pessoas para reduzir o risco de transmissão da Covid-19, a prefeitura restringiu a circulação dos habitantes por meio do Decreto Municipal 73/2020. E, consequentemente, as atividades presenciais do local, como oficinas e feiras de artesanato, ficaram inviabilizadas.

Além disso, diante de recomendação do Ministério da Saúde, a população brasileira vem se interessando em adquirir máscaras de pano para diminuir a transmissão do novo coronavírus. Nesse aspecto, a área técnica de Cultura da CNM lembra que os artesãos de todo o país podem colaborar.

Associação dos artesãos de Três Lagos (MS)Para manter o apoio às atividades dos artesãos de Três Lagoas – inclusive dos que produzem máscaras de pano –, a Diretoria Municipal de Cultura organizou uma lista para divulgar os contatos desses trabalhadores por meio das redes sociais da prefeitura e, assim, aproximá-los dos clientes. O diretor de Cultura, Rodrigo Pedroso Fernandes, demonstra a relevância da ação: “O artesanato em Três Lagoas é bastante movimentado e a iniciativa visa não só divulgar os produtos confeccionados e enaltecer o trabalho desses profissionais, como também gerar renda por meio da economia criativa que injeta, significantemente, recursos na economia local”.

“A iniciativa da prefeitura está sendo muito importante para nós. Sabemos que muitos artesãos acabam não elaborando um plano de divulgação que possa dar visibilidade para o trabalho deles. Acreditamos que quanto mais divulgação os artesãos tiverem, mais eles terão condições de vender os seus produtos. Havia artesãos no Município, por exemplo, que estavam sem trabalhar, e agora viram na produção das máscaras uma oportunidade de renda. Tanto ajuda o artesão financeiramente, quanto a sociedade em geral”, explica a presidente da Associação Costa Leste de Artesãos de Mato Grosso do Sul, Kênia Silvia de Oliveira Farias.

O seu Município fomenta o artesanato local? Compartilhe com a área técnica de Cultura da CNM as medidas que a gestão pública municipal de cultura está tomando para superar os atuais desafios enfrentados pelo setor.

Leia também
Nota técnica da CNM orienta os gestores municipais de cultura sobre como combater o coronavírus

Boas práticas: Municípios adaptam rotina da área cultural e usam internet para aulas

Consórcio promove incentivo à leitura durante pandemia da Covid-19

Projeto Semana Santa Virtual de cidade goiana contribuiu com as celebrações de tradições religiosas e culturais locais

Da Agência CNM de Notícias

Fotos: Associação Costa Leste de Artesãos de Mato Grosso do Sul


Notícias relacionadas