Home / Comunicação / Encontro Regional de Mulheres Líderes Políticas Locais será dias 30 e 31 de maio, em San Salvador

Notícias

24/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Encontro Regional de Mulheres Líderes Políticas Locais será dias 30 e 31 de maio, em San Salvador

DivulgaçãoEncontro Regional de Mulheres Líderes Políticas Locais: Consolidando a Democracia Paritária para Pequim+25 será o tema do encontro de lideranças femininas políticas regionais promovido pela união Ibero-americana de Municípios. Promovido com o apoio da Oficina Regional da ONU Mulheres para América Latina e o Caribe e a Associação Nacional de Vereadoras e Prefeitas Salvadorenhas, o evento está marcado para os dias 30 e 31 de maio, em San Salvador, El Salvador.

A agenda propõe fortalecer as capacidades e promover a liderança e o empoderamento político das mulheres e dos líderes locais por meio do intercâmbio de experiências, boas práticas e estratégias locais desenvolvidas nos últimos anos para promover a governança inclusiva e a democracia igual para o benefício de direitos políticos dos povos das mulheres. Também objetiva promover um espaço de reflexão sobre os avanços na implementação da Declaração e Plataforma de Ação de Pequim, em termos de participação política das mulheres em nível local.

O encontro também busca proporcionar uma reflexão coletiva sobre o tema mulheres na política. E está desenhado para gerar conhecimento, promover o intercâmbio de experiencias práticas, identificar casos relevantes e fluir reflexões e conclusões para enriquecer competências individuais e coletivas para a atuação política das mulheres na região. A estrutura organizada promoverá três sessões em formato de plenária, duas sessões em formato de workshops e uma mesa redonda.

Podem participar do encontro mulheres políticas, autoridades eleitas, lideranças no âmbito local e subnacional, representantes de redes de mulheres da América Latina e Caribe, com atenção especial para as mulheres rurais, indígenas e afrodescendentes da América Central e México. O valor de inscrição para o evento é de 150 dólares.

Declaração de Pequim
A declaração de Pequim – também conhecida por Beijing – foi estabelecida na 4ª Conferência Mundial sobre a Mulher, em que foram estabelecidos 12 temas prioritários para serem trabalhados para uma maior promoção de direitos para as mulheres ao redor do mundo, sendo eles: pobreza, educação e capacitação de mulheres, saúde, violência contra a mulher, conflitos armados, economia, poder e liderança, mecanismos institucionais para o avanço das mulheres, direitos humanos para as mulheres, mídia, meio ambiente e direito das meninas.

A Confederação Nacional e Municípios (CNM) reconhece a importância do tema, e tem atuado para fortalecer a participação feminina na política, começando pelo âmbito local. A entidade incentiva a participação das gestoras municipais no Encontro Regional de Mulheres Líderes Políticas Locais: Consolidando a Democracia Paritária para Pequim+25.

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas