Home / Comunicação / Fórum Nacional de Controle: terceira edição ocorre dias 28 e 29 de novembro em Brasília

Notícias

12/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Fórum Nacional de Controle: terceira edição ocorre dias 28 e 29 de novembro em Brasília

TCU DivulgaçãoCom o tema Integrando o Brasil para fazer bem, o Tribunal de Contas da União (TCU) promove o III Fórum Nacional de Controle nos dias 28 e 29 de novembro. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) é uma das instituições parceiras do evento, que ocorre no Instituto Serzedello Corrêa (ISC), em Brasília.

Mais uma vez, essa é a oportunidade de representantes dos três poderes da República, de instituições representativas da sociedade civil e de órgãos públicos, incluindo os de controle externo e interno de Estados, Municípios e União, se reunirem. O TCU espera, assim, colaborar com ações de capacitação e controle integradas; elaboração de minutas de legislação sobre governança; compartilhamento de informações; e disseminação de boas práticas de governança entre os entes.

Programação para gestores municipais
O movimento municipalista estará representado na cerimônia de abertura e em três painéis. O primeiro, um talk show, às 11h do dia 28, vai tratar de Governança e Integração do Controle. Nele, representante da CNM deverá falar das obrigações dos Estados e da União com os Municípios. À tarde, às 14h30, a Confederação retorna à programação como uma das convidadas do talk show Desenvolvimento Regional: foco no cidadão para mostrar como a Plataforma Êxitos – ferramenta disponível no conteúdo exclusivo do site – monitora políticas públicas.

E, na sexta-feira, 29, a entidade será responsável por talk show no período da manhã e uma oficina, durante a tarde, ambos com o tema Como aumentar a eficácia da Prestação de Contas e das Transferências Voluntárias?. Concessões, obras paralisadas e inacabadas, prestação de contas e gestão de riscos são outros temas a serem explorados nos dois dias. Os interessados podem conferir a programação e se inscrever no site do TCU.

Além da CNM, são parceiros: a Controladoria-Geral da União (CGU), o Instituto Rui Barbosa (IRB), a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (Atricon), a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), o Conselho de Dirigentes de Órgãos de Controle Interno da União (Dicon), a Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros-Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon) e o Sistema CNA Brasil.

Da Agência CNM de Notícias com informações do TCU

Leia também
Ao falar sobre governança, Nardes menciona projeto de retomada de ferrovias

Fórum de Controle debate melhoria da qualidade do ensino no Brasil

Carta de Brasília propõe integração e articulação dos Entes federativos


Notícias relacionadas