Home / Comunicação / Gestores chegam na CNM para a Mobilização Municipalista em Brasília

Notícias

05/07/2022

Compartilhe esta notícia:

Gestores chegam na CNM para a Mobilização Municipalista em Brasília

WhatsApp Image 2022 07 05 at 10.14.56Gestores municipais de todo o país lotam a sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na manhã desta terça-feira, 05 de julho. A expectativa da Mobilização Municipalista é defender a pauta municipalista. Isso porque, dezenas de medidas federais, dos Três Poderes, aumentam as despesas das gestões locais e reduzem receitas, gerando impacto de mais de R$ 73 bilhões ao ano.

Logo após fazer o credenciamento, o prefeito de Manaquiri (AM) e 5º vice-presidente da CNM, Jair Souto, ressaltou o desejo de que o Congresso Nacional tenha lucidez nas votações das pautas, de forma a não prejudicar os Municípios, especialmente os pequenos. “A sociedade precisa de políticas públicas de verdade com muita responsabilidade. O impacto dessas pautas é a inviabilidade, ou seja, o Município tem que ter o protagonismo do seu orçamento. Se nós deixarmos para o Congresso legislar sobre o orçamento daquilo que você não consegue entender como funciona é algo assustador”, disse.

Entre os questionamentos do líder municipal, que também é presidente da Associação Amazonense de Municípios, está a de os Entes federais influenciarem nos orçamentos das localidades. “Eu penso que o Congresso Nacional não pode, em hipótese nenhuma, legislar e implementar política sem ter noção como funciona nos diversos Municípios do país. Eu acho que é grave o que pode acontecer diante de um movimento tão somente político. Eu creio que haverá, por parte do Congresso, lucidez e um Brasil como tem que ser com muita responsabilidade”, finalizou.

Representando os Municípios do Estado de Tocantins, o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e prefeito de Talismã (TO), Diogo Borges, ressalta que mais de 40 gestores municipais vieram do Estado a Brasília para defender os Municípios. “Eles precisam investir nos Municípios e não tirar recursos dos Municípios. Isso porque, investir nos Municípios é investir nas pessoas, em quem realmente precisa. A importância da nossa união é fazer valer que é nos Municípios que acontecem. Quando os Municípios se unem é o Brasil se unindo”, lembrou o gestor que também é Conselheiro Fiscal da CNM.

Para o prefeito de Gameleiras (MG), Gilmar Oliveira, a união dos gestores é de suma importância para evitar um desfalque grande para as localidades. “Temos que correr atrás dos direitos dos nossos Municípios para recuperar esse desfalque que vai dar. É na luta que nós vamos vencer essa batalha”, completou.

Representando mais de 5 mil habitantes do Município de Serranópolis do Iguaçu (PR), Ivo Roberti, reforçou a dificuldade de trabalhar em prol de quem mora nos Municípios diante de tantas pautas que trazem inúmeros impactos. “É piso para todo o lado que está acontecendo e não mostram de onde vem o dinheiro. Está difícil de trabalhar. A CNM representa muito bem os Municípios, independente de grande ou pequeno, está lutando pela sobrevivência dos Municípios, levar o bem estar de cada Munícipe”, lembrou.

Mobilização Municipalista
A Mobilização Municipalista acontece durante todo o dia desta terça-feira. Ainda nesta manhã os gestores vão receber os parlamentares para apresentar a pauta municipalista. Na parte da tarde, seguem para o Congresso Nacional.

Por: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas