Home / Comunicação / Gestores de Municípios contribuintes têm direito a atendimento técnico na Marcha

Notícias

08/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Gestores de Municípios contribuintes têm direito a atendimento técnico na Marcha

img materia conteudo exclusivoDe 8 a 11 de abril, durante a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, os gestores locais contribuintes à Confederação Nacional de Municípios poderão contar com atendimento técnico em diversos setores. Especialistas estarão disponíveis em todos os dias do evento.

O espaço de atendimento técnico está localizado ao lado direito logo após a entrada principal. As áreas estão agrupadas em quatro núcleos. No de governança estão os temas internacional, jurídico, vereadores, consórcios, transferências e inovação e transparência.

Educação, saúde, cultura e assistência social formam o núcleo de desenvolvimento social. Em desenvolvimento econômico estão reunidos técnicos de finanças, contabilidade, previdência e turismo. Por fim, o núcleo de desenvolvimento territorial presta informações nas áreas de trânsito e mobilidade, defesa civil, habitação e planejamento territorial, desenvolvimento rural, saneamento e meio ambiente.

Prefeito de Mallet, no Paraná, Moacir Alfredo buscou orientações no espaço pouco depois de se credenciar na XXII Marcha. “Nossas áreas técnicas [do Município] estão com dificuldade na aplicação de recursos. Conseguimos informações que vamos repassar para a equipe”, resumiu sobre o atendimento. Para ele, a prioridade é melhorar serviços socioassistenciais.img materia conteudo exlusivo 2

A área técnica de Saúde é uma das mais procuradas pelos representantes municipais. “As principais dúvidas são sobre questões financeiras, como repasses do Ministério da Saúde”, pontua a técnica da área na CNM Adriana Araújo. O setor de Finanças também é parada quase obrigatória — muitos gestores desejam ter um panorama das contas, especialmente previsões de futuras receitas.

Conteúdo exclusivo

Ainda no espaço de atendimento há especialistas da Confederação que apresentam projetos específicos, como o Dinheiro na Conta, o UniverCidades e o Programa de Cooperação Urbana Internacional. Além disso, há um setor apenas de Conteúdo Exclusivo. Neste local, os gestores podem conferir todas as ferramentas que são disponíveis a todos os Municípios contribuintes.

Vereadores de São João de Manhuaçu, em Minas Gerais, se reuniram para consultar convênios com cláusulas suspensivas. Eles estão na Marcha para defender medidas que ajudem o Município principalmente na agricultura, uma vez que a cidade é essencialmente rural. “Nosso forte é a produção de café, queremos dialogar com o governo federal também porque há dificuldade de crédito, os insumos estão caros”, avaliou o vereador Degmar Teixeira.

Por Amanda Martimon
Fotos: Taciano Brito/CNM
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas