Home / Comunicação / Informativo eletrônico reúne boas práticas para recuperação local

Notícias

20/04/2020

Compartilhe esta notícia:

Informativo eletrônico reúne boas práticas para recuperação local

Recuperacao Local Pagina 1A pandemia do novo coronavírus impacta em mudanças nas práticas de gestão, na economia e nas relações sociais dos Municípios. A responsabilidade de conduzir os destinos das comunidades, neste momento crucial, exige ação imediata, eficaz e eficiente para minimizar as consequências negativas. Levando em conta que a economia dos Municípios se relaciona com os pequenos negócios, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), está produzindo um informativo eletrônico com boas práticas para a retomada do desenvolvimento local. 

A iniciativa tem o objetivo de criar uma grande rede de compartilhamento de ações com foco em minimizar os impactos da pandemia."Um grande desafio está presente a instigar nossa capacidade de superação neste último ano de mandato e vamos enfrentá-lo juntos, unindo nossas energias e criatividade, buscando amparo nos nossos exemplos bem-sucedidos e exercitando a solidariedade", destaca o presidente da CNM, Glademir Aroldi, na mensagem de abertura da publicação. 

A economia dos Municípios passa diretamente pelos pequenos negócios. Eles representam 99% das empresas brasileiras e 54% dos empregos do país. "Sabemos que a retomada do desenvolvimento local se dará por meio dos Pequenos Negócios. Confiamos na competência empreendedora do povo brasileiro para se reinventar e superar períodos difíceis", destaca o presidente do Sebrae, Carlos Melles, também na mensagem de abertura do boletim. 

A primeira edição da publicação, que terá periodicidade quinzenal, reúne iniciativas do Município de Bonito (MS) e dos estados do Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina, com práticas de distribuição de kits de merenda escolar, incentivo a micros e pequenas empresas, compras ao ar livre e aproximação entre pequenos produtores e supermercados. Em formato online, a edição pode ser acessada na Biblioteca da CNM ou clicando aqui

 

Por Sarah Buogo

Da Agência CNM de Notícias

 


Notícias relacionadas