Home / Comunicação / Manual sobre dados geoespaciais auxilia na modernização da gestão

Notícias

21/10/2019

Compartilhe esta notícia:

Manual sobre dados geoespaciais auxilia na modernização da gestão

21102019 Manual Dados GeoespaciaisManual técnico de Acesso e Uso de Dados Geoespaciais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pode auxiliar na modernização da gestão, informa a Confederação Nacional de Municípios (CNM). A publicação, lançada no último dia 17, é resultado de capacitações –promovidas desde 2007 – para auxiliar profissionais e gestores na manipulação de dados. 

O termo geoespacial é usado para associar fenômenos ocorridos na terra, em um dado instante ou período de tempo, traduzidos por sistemas de servidores integrados à internet, inclusive associados a sistemas globais de posicionamento apoiados por satélites e mapeamento ou de sensoriamento remoto. Dentre esses fenômenos naturais, os mais frequentes no Brasil são excesso de chuva ou a seca.

Dito isso, a publicação traz informações diversas e softwares para acesso e uso livre, com destaque para o QGIS, que utiliza o padrão aberto e gratuito de desenvolvimento e disponibilidade. Esse software, conforme explica a área de Planejamento Territorial da CNM, pode auxiliar na tomada de decisão ao permitir a elaboração de políticas locais mais assertivas, uma vez que as prefeituras podem usar os dados – cartogramas e mapas – durante sua elaboração.

A publicação orienta ainda sobre a manipulação de dados geoespaciais, disponibilizados gratuitamente, que atendem a uma vasta gama de aplicações nas prefeituras. Entre outros fatores, destaca a Confederação, o amplo acesso do poder público ao sistema representa apoio à administração, ao planejamento, à gestão urbana, análises de riscos ambientais e formulação de políticas de transporte. Exemplos de fatores que corroboram com o livre acesso aos dados.

Modernização
Para a CNM, o uso da informação é componente essencial para a gestão e modernização da gestão eficaz de Municípios e podem auxiliar na estruturação de cadastro multifinalitário, no padrão de registros de endereços e nas soluções de Cidades Inteligentes – Smart Cities. Em relação ao cadastro municipal de endereço e a compatibilização com o Cadastro Nacional de Endereços para fins Estatísticos (CNEFE), a CNM e o IBGE firmaram cooperação técnica.

A parceria entre as instituições para viabilizar o CNEFE prevê capacitações para adequação das informações necessárias sobre o Censo 2020, que poderá modernizar os cadastros de endereços municipais e otimizar a gestão local. A primeira capacitação, de uma série de atividades previstas, ocorrerá durante o CNM Qualifica Rio no de Janeiro (RJ), dia 31 de outubro. Conheça a programação do CNM Qualifica: CNM + IBGE.

Da Agência CNM de Notícias 


Notícias relacionadas