Home / Comunicação / Marcha 25 anos: inauguração da sede da CNM em 2017 foi marco para o movimento municipalista

Notícias

24/01/2023

Compartilhe esta notícia:

Marcha 25 anos: inauguração da sede da CNM em 2017 foi marco para o movimento municipalista

WhatsApp Image 2023 01 24 at 11.44.21Em maio de 2017, os 5.568 Municípios do país conquistaram uma das etapas mais importantes da história do movimento municipalista. Nesta data, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) inaugurou a sua sede em Brasília, realizando o sonho de oferecer aos gestores e à população uma casa dedicada ao municipalismo. A conquista é lembrada como um marco relevante nesta série sobre a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que neste ano será realizada entre os dias 27 e 30 de março.

Foi justamente durante a XX Marcha que centenas de pessoas prestigiaram a inauguração da sede em Brasília, a apenas cinco quilômetros do centro do poder – Palácio do Planalto, Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal. Durante a cerimônia em 2017, o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski, relatou as dificuldades para conseguir recursos que pudessem viabilizar a construção. “Nós começamos a juntar esse dinheiro há mais de 20 anos para que os Municípios conseguissem autonomia financeira, sem depender do governo federal”, comentou.

Histórico
arq 82297 Pode USARO projeto para a construção foi iniciado em 2010, com um concurso entre escritórios de arquitetura vencido pela dupla Luís Eduardo Loiola e Maria Cristina Motta, e as obras começaram em agosto de 2013. Na época tesoureiro da CNM, Joarez Lima destacou a importância da nova sede para a interação com as prefeituras. "Essa obra significa um marco para os entes federados. Nós vamos ter um local para todos os prefeitos”.

Com capacidade para receber grandes eventos – a exemplo de mobilizações, reuniões de bancadas do Congresso e Nacional e encontros –, o prédio possui um salão nobre para 500 pessoas, quatro salas multimídias integradas, dois andares de estacionamento, um restaurante, uma praça cívica e espaço para o Museu do Municipalismo.

A sede da CNM foi reconhecida por sua beleza e pelo olhar para o amanhã, tão trabalhado pelo movimento municipalista. A construção passou a ser citada em publicações especializadas de arquitetura e se tornou referência, conhecida não só no Brasil, mas em outros países. A casa do municipalismo brasileiro fica aberta de segunda a sexta, das 8h às 18h, e estará à disposição dos participantes da próxima Marcha a Brasília.

Para mais informações sobre as inscrições para a XXIV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, clique aqui


Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas