Home / Comunicação / MMM recebe ex-prefeita integrante do primeiro ciclo da iniciativa em prol de mais mulheres na política

Notícias

07/07/2021

Compartilhe esta notícia:

MMM recebe ex-prefeita integrante do primeiro ciclo da iniciativa em prol de mais mulheres na política

IMG 7312 copiaA fundadora do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), Tania Ziulkoski, recebeu a ex-prefeita do Município de Goiás (GO), Selma Bastos, na tarde desta quarta-feira, 7 de julho, na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM). A gestora compôs o primeiro grupo de trabalho do MMM na gestão 2016-2020, e é uma referência em atuação feminina na gestão municipal.

Em um Município com mais de 300 anos de história, Selma foi a primeira mulher eleita ao cargo de prefeita. Além disso, em toda trajetória política da cidade, ela é a única pessoa que conseguiu a reeleição ao cargo.  

À frente da gestão do Município, a ex-prefeita recebeu o Prêmio MuniCiência, projeto da CNM em parceria com União Europeia, pela iniciativa Centro Especializado de Atendimento à Mulher - Brasilete Ramos Caiado (Ceam). No fim de 2020, a iniciativa também foi vencedora do Prêmio Construir Igualdade, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Comenda Cora Coralina
Durante a visita na CNM, a ex-gestora de Goiás (GO) entregou ofício que formaliza convite para cerimônia de entrega da Comenda da Ordem ao Mérito Cora Coralina, a maior honraria concedida pelo Executivo vilaboense. A homenagem será concedida pelos serviços prestados pela fundadora do MMM à frente do primeiro movimento municipalista feminino apartidário do país.

O encontro na sede da entidade municipalista também teve a presença da secretária de Cultura de Goiás (GO), Raissa Coutinho, e das analistas técnicas da CNM das áreas de Mulheres e Juventude, Thaís Lima, e de Turismo, Marta Feitosa.IMG 7320 copia

Turismo
Reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, o Município de Goiás, também conhecido carinhosamente como Goiás Velho ou Vila Boa, está, sem sombra de dúvidas, na principal rota turística de quem visita o Estado de Goiás. A cidade conserva mais de 90% de sua arquitetura barroco-colonial original. São roteiros diferenciados, com destaque para os culturais e de ecoturismo.

O Município tornou-se um centro turístico e permite praticamente uma viagem no tempo do Brasil colonial. Em 2001, o Centro Histórico de Goiás foi declarado Patrimônio Mundial. Na cidade todos os anos ocorre o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental que tem a participação de países da África, Europa, América e Ásia.

Em agosto de 2018, Goiás foi sede do Seminário Internacional sobre Gestão de Sítios Culturais do Patrimônio Mundial no Brasil. Organizado pela CNM, com a presença de todos os prefeitos das Cidades Patrimônio Mundial brasileiras e de ministros de Estado e do TCU, o principal resultado do evento foi o pacto entre Municípios, governo federal e órgãos de controle para construção do Plano Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial no Brasil, que atualmente está em redação no Ministério do Turismo.

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas