Home / Comunicação / Municípios juntos pelo Turismo: Parauapebas é um dos grandes destinos no Pará

Notícias

29/04/2020

Compartilhe esta notícia:

Municípios juntos pelo Turismo: Parauapebas é um dos grandes destinos no Pará

Prefeitura de Parauapebas-PANo sudeste paraense, Parauapebas é uma das cidades mais importantes da Amazônia. As belezas naturais e a forte presença da floresta são um diferencial do Município, que abriga a maior província mineral no Brasil e do mundo. Em junho deste ano, a cidade sediaria o Seminário Nacional de Governança para o Turismo e Feira de Negócios Turísticos Destinos do Brasil, evento organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), mas cancelado por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Ao visitar o Município em dezembro passado, a equipe da CNM se surpreendeu com a potencialidade turística do local e com a maior jazida de minério de ferro do mundo. Por seus atrativos e expressivos centros comerciais, a comunidade local é composta por 280 mil pessoas de diferentes regiões do país.

Com 31 anos de instalação, o jovem Município investe em ações para mostrar sua diversidade natural, cultural e produtiva. "É uma beleza ímpar, um lugar ideal para quem deseja contato com a natureza", avalia a técnica de Turismo da Confederação Marta Feitosa.

Neste momento de distanciamento social e impactos da pandemia, a CNM divulga a campanha Municípios juntos pelo Turismo. O intuito é ajudar as gestões locais a se organizarem para quando for possível retomar as atividades turísticas e divulgar os destinos. Por isso, vídeos de até dois minutos podem ser enviados, até 30 de junho, para o e-mail turismo@cnm.org.br. A equipe também faz transmissões semanais, às 16 horas das quintas-feiras, para troca de experiências entre as gestões, no canal do Youtube TV Portal CNM. Nesta quinta, 30 de abril, o secretário de Turismo do Pará, André Dias, será o convidado da Hora do Turismo da CNM.

Roteiros
O turismo, que já é trabalhado no Município, possui uma variedade de bens e produtos que atraem pessoas do Brasil e do mundo, e Parauapebas - com roteiros diferenciados e competitivos - tem condições de atender à demanda de forma abrangente e qualificada. São cerca de 1.300 cavernas ferríferas, sendo que duas são exploradas para o turismo, onde é possível conhecer como é a formação do minério de ferro. A atividade faz parte de uma rota de ecoturismo, um dos focos da cidade, que possui mais de mil hectares de área preservada.Prefeitura de Parauapebas-PA

Além disso, reúne ainda indústrias extrativista vegetal, pesqueira, movelaria e de beneficiamento dos produtos agrícolas, com um mercado municipal e uma feira agrícola permanente. O setor turístico, portanto, é uma das alternativas de matriz econômica para o Município, com resultados excelentes, principalmente como destino de ecoturismo.

Com um plano robusto para o turismo, baseado em quatro eixos - estruturação, qualificação, promoção e serviços turísticos -, a região conta com o Centro de Atendimento ao Turista (CAT). No local, funciona a Secretaria Municipal de Turismo, que lidera as iniciativas para atrair turistas. O Plano de Desenvolvimento do Turismo de Parauapebas inclui uma série de investimentos, mais informações estão disponíveis na edição 8 da publicação Monitor - O boletim das finanças municipais.

Entre as rotas turísticas da região estão: Rota dos Carajás, Rota das Águas, Rota City Tour, Rota do Búfalo e Rota Indígena. Os roteiros contemplam ainda o Parque Zoobotânico de Carajás, as Grandes Serras, a visita guiada à tribo indígena Xicrin (Kayapó), o Complexo Industrial de Mineração, o mirante da mina de ferro, a observação da vegetação de Canga, única no planeta, visita às cavernas. A região da Serra dos Carajás apresenta a maior concentração de cavernas no Brasil, com aproximadamente 20% de todas as cavernas oficialmente cadastradas no país, observação de aves, várias e prática de canoagem.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da Prefeitura de Parauapebas
Fotos: Prefeitura de Parauapebas


Notícias relacionadas