Home / Comunicação / Na semana do Dia Mundial das Bibliotecas, CNM mostra experiências municipais inspiradoras

Notícias

01/07/2019

Compartilhe esta notícia:

Na semana do Dia Mundial das Bibliotecas, CNM mostra experiências municipais inspiradoras

DivulgaçãoEm referência ao Dia Mundial das Bibliotecas – que é celebrado nesta segunda-feira, 1º de julho –, a área técnica de Cultura da Confederação Nacional de Municípios (CNM) apresentará experiências inspiradoras de bibliotecas públicas municipais. Durante esta semana, as reportagens vão mostrar aos Municípios brasileiros possibilidades de atuação no campo da gestão pública de cultura.

Localizada em Juína, no Mato Grosso, a Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana foi criada pela primeira lei da história do Município, a Lei 1/1983. Inaugurado em 1988, o equipamento cultural está vinculado ao Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Entre as iniciativas desenvolvidas pela instituição, destaca-se o Programa Arte, Cultura e Leitura, uma bela mistura!, que ocorre desde 2017 e reúne atividades integradas, como contação de histórias, oficinas artísticas e exibição de filmes. Com o objetivo de que a população local sinta a presença da biblioteca em todos os territórios do Município, o programa não se limita à sede do equipamento cultural e percorre escolas, zona rural e aldeias indígenas.

A biblioteca também extrapola os limites de seus muros durante ações da prefeitura. Nesses casos, a biblioteca itinerante adere ao tema do evento e desenvolve atividades para os públicos infantil e juvenil. Comemoração de aniversário do Município, festa da colheita, carnaval, torneio leiteiro, festa do peixe e sarau das artes e da culinária típica estão entre os eventos que já receberam a iniciativa.

Promover a ressignificação desse equipamento cultural junto à população juinense também é um objetivo do programa. A proposta é que a atuação vá além da promoção da leitura. Assim, a biblioteca está se consolidando como espaço público que recebe movimentos sociais. A partir de rodas de conversa, esses grupos perceberam que são bem-vindos na biblioteca e, hoje, realizam suas reuniões no local. Atualmente, existe o Comitê Jovem da Biblioteca, que promove atividades protagonizadas por jovens do Município.

Gestão cultural
A Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana compreende seu papel estratégico para as demais bibliotecas do Município. “Nós entendemos que a nossa biblioteca municipal deveria funcionar como se fosse um guarda-chuva, protetora das demais bibliotecas, sendo elas bibliotecas comunitárias, bibliotecas escolares”, afirma o secretário-adjunto de Cultura de Juína, José Adriano de Souza. Diante disso, atualmente, por meio do programa, promove-se a revitalização de bibliotecas escolares do Município. Divulgação

Em Juína (MS), a Lei 1.821/2018 instituiu o Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, que além de orientar a atuação da gestão cultural do Município, garante recursos financeiros municipais para o desenvolvimento das políticas públicas do setor. “O plano simboliza a concretização de todas as ações desenvolvidas na atual gestão, ações premiadas e reconhecidas, nacionalmente, como boas práticas. Estas ações, quando legitimadas em lei, deixam de ser apenas um programa de governo e se transformam, de fato, em política pública”, comemora a diretora municipal de Cultura de Juína, Silvia Cristina Machado.

Estrutura
A biblioteca passou por um processo de revitalização, iniciado em 2017, a partir de parceria com o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer. Com a medida, foi viabilizada a limpeza e a organização da disposição do acervo no interior da instituição, o que proporcionou uma transformação na estrutura física. Atualmente, a biblioteca é composta pelo salão de acervo, pelas salas infantil, juvenil e de estudo e varanda.

A instituição tem o apoio de vários segmentos da prefeitura, como a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, que promove junto com a biblioteca, a distribuição de mudas de árvores. Até o fim de 2018, foram entregues cerca de 5 mil mudas para usuários da biblioteca itinerante.

Além da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, são também parceiros externos à prefeitura, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), o Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), a Fundação Itaú Social, o Programa Conecta Biblioteca, da Ong Recode e o Grupo Amigos do Livro e da Leitura – Faço Parte!.

Divulgação

A área técnica de Cultura da CNM destaca o trabalho da Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana que fortaleceu o sentimento de pertencimento dos juinenses em relação à biblioteca, consolidando-a como um efetivo espaço público. Isso foi possível porque os gestores compreenderam que a atuação da instituição não deve se limitar à promoção da leitura nem ao seu espaço físico. Assim, o equipamento cultural também conseguiu promover acesso à cultura para parcela da população que reside em locais mais distantes da área central do Município, onde fica a sede da biblioteca. 

A Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana faz a sua parte, contribuindo para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4, 5, 8, 10, 12 e 15. Nesse sentido, foi premiada, em 2018, pelo Programa Conecta Biblioteca, da Ong Recode.

Participe
Quer conhecer a biblioteca? O equipamento cultural é aberto ao público de segunda a sábado, das 8h às 18h. A entrada é gratuita. Para saber mais sobre o trabalho da instituição, assista ao vídeo aqui.

A biblioteca do seu Município desenvolve alguma boa prática? Compartilhe aqui com a CNM.

Quer saber como a Confederação pode ajudar a sua gestão da Cultura? Faça parte da Lista de Transmissão da área técnica de Cultura da CNM pelo WhatsApp. Saiba aqui como participar.

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas