Home / Comunicação / Pandemia reforça alerta para cuidados com usuários de drogas

Notícias

19/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Pandemia reforça alerta para cuidados com usuários de drogas

Pref AriquemesO novo coronavírus (Covid-19) tem afetado diversas populações vulneráveis, mas os usuários de drogas enfrentam desafios únicos. No Brasil existe uma dificuldade enorme de os governantes enfrentarem este caos junto à população que é dependente química.

Entre os principais desafios está o fato de Brasil ser vizinho de países que são considerados os maiores produtores de drogas do mundo. Com o fechamento de fronteiras e as restrições de viagens impulsionadas pela Covid-19 é possível que se identifique uma interferência ou mesmo uma modificação na rotina do tráfico de drogas. Essa ação pode causar uma escassez de determinados tipos de entorpecentes. Logo, entre os desafios encontrados é a de que as pessoas substituam as drogas por outras ou mudem hábitos, usando doses menos seguras que podem aumentar o número de intoxicações.

Para pessoas com dependências também há o risco associado à redução do acesso a drogas lícitas, como o álcool. Quando as lojas de bebidas fecham, como vem ocorrendo no país, os indivíduos correm maior risco de sofrer convulsões desencadeadas pela abstinência, o que pode ser fatal. São por esses e outros motivos que as organizações municipais devem estar atentas às possíveis situações que serão ocasionadas pela pandemia e, principalmente, trabalhar em prol da redução da disseminação do novo coronavírus entre a população vulnerável, evitando um possível colapso na área de saúde.

Observatório do Crack
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza, no Observatório do Crack, uma ferramenta que há nove anos trabalha com a temática da toxicodependência. Entre as informações, está a de orientar os governos municipais para que fiquem atentos aos desafios, pois a probabilidade de os usuários de drogas ficarem alienados e alheios às fontes de conhecimento tradicionais é grande. Com isso, é possível que não tenham acesso às informações sobre os riscos e melhores práticas durante a pandemia.

Entre as medidas que podem ser adotadas, os gestores podem buscar a aproximação dos usuários de drogas e pessoas em situação de rua com os agentes de saúde e equipes de busca ativa para levar informações sobre recomendações de distanciamento social, além de orientações sobre a higienização frequente das mãos.

Alguns usuários também são céticos em relação às autoridades devido a interações anteriores com a polícia e desconfiam das recomendações de saúde do governo. Para tanto, neste momento atual, será necessário um esforço conjunto das autoridades locais, objetivando preservar a vida da população.

Da Agência CNM de Notícias com informações da National Geographic Brasil

Foto: Prefeitura Ariquemes


Notícias relacionadas