Home / Comunicação / Paraíba sofre com a estiagem, enquanto no Amazonas as fortes chuvas não param

Notícias

23/04/2015

Compartilhe esta notícia:

Paraíba sofre com a estiagem, enquanto no Amazonas as fortes chuvas não param

Ag. CNMNesta quinta-feira, 23 de abril, foi publicada uma portaria que reconhece Situação de Emergência em 170 Municípios paraibanos em virtude da estiagem. A lista completa das cidades está disponível no Diário Oficial da União (DOU) de mesma data.

O reconhecimento demonstra o impacto que a estiagem exerce sobre o Estado da Paraíba. Um dos Municípios afetados é Picuí. Com pouco mais de 18 mil habitantes, a cidade está localizada no oeste paraibano como a maioria das que sofre com a seca.

Além dela, também fazem parte da lista Água Branca, Barra de Santa Rosa, Pedra Lavrada, Piancó, Santa Teresinha, São Bento, dentre outras.

Uma vez reconhecido pelo governo federal, os Municípios conseguem acessar recursos para promover ações de combate ao problema.

Contrastes

Se no Nordeste imperam as altas temperaturas e o clima seco, no Norte do país as chuvas não cessam. Desde o ano passado, o Estado do Amazonas vem enfrentando períodos constantes de inundação. Em virtude disso, o Município do Amaturá (AM) obteve o reconhecimento federal do problema. A medida está publicada no DOU desta quarta-feira, 23 de abril.

Outra cidade amazonense em situação similar é Caruari. Para reestabelecer os serviços essenciais, o governo autorizou o repasse de recursos no valor de R$ 237,5 mil. 

Veja aqui a listagem completa dos Municípios paraibanos

 

 


Notícias relacionadas