Home / Comunicação / Participantes chegam cedo para credenciamento na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Notícias

08/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Participantes chegam cedo para credenciamento na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

img noticia credenciamento min

O credenciamento dos participantes da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios ocorreu mais cedo neste ano e foi disputado, comprovando as expectativas de público recorde para a 22ª edição do evento. A abertura do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB) estava prevista para 14h desta segunda-feira, 8 de abril, mas foi antecipada para 13h30 a fim de receber logo os primeiros inscritos e evitar longas esperas.

Ainda assim, gestores enfrentaram filas - o que não desanimou os estreantes e também os mais experientes. Prefeitos, vereadores e vice-prefeitos são direcionados para um lado; demais participantes e expositores/imprensa para outro. Eles recebem o material do evento, que inclui Guia de Programação; o Boletim de abril, que é uma edição especial da Marcha; a pauta prioritária municipalista do Congresso Nacional; a Agenda 2020 de eventos da CNM e folders de campanhas e programas, como da Interiorização dos venezuelanos.

Temas prioritários

O prefeito de Sulina (PR), Paulo Horn, está em sua segunda Marcha e pretende acompanhar os debates da área de Educação, além da programação política no palco principal. “A gente está na expectativa dos anúncios do presidente Jair Bolsonaro e dos ministros e outras autoridades. Queremos saber qual o foco do novo governo. E falar da nossa maior demanda atualmente, que é o Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação]”, revela.

Segundo o gestor do Município de quatro mil habitantes, as localidades menores serão as mais prejudicadas com o término da vigência do Fundo, em 2020. “Temos mais de 60% do recurso retido para educação. Então, o governo tem que pensar em criar uma nova ferramenta ou reformular, para garantir o dinheiro da área”, defende.

Vereadores

De Laguna Carapã (MS), a vereadora Zenaide Espindola estava ansiosa por sua primeira participação. “Estou encantada e tenho certeza de que levarei aprendizado como vereadora e para contribuir com a prefeitura”, revelou. A legisladora contou que o Município, a 70 quilômetros da fronteira, tem aproximadamente 10 mil habitantes e 80% da renda vem da agricultura. Na programação da Marcha, ela espera acompanhar os debates pela participação da mulher na política e da área de educação.

Outro representante do legislativo municipal que chegou cedo foi Ariel Paulo. O vereador da cidade de Itaperuçu (PR) destacou que pretende participar do Fórum de Vereadores e trocar experiências na Marcha. “A minha cidade é bem pequena e precária. Então, quero adquirir mais conhecimento para futuramente buscar mais recursos para a minha cidade”, informou.

Consórcios públicos 

Considerada uma alternativa para os Municípios como forma de viabilizar a administração municipal, a busca de parcerias por meio dos consórcios públicos também foi lembrada pelos prefeitos. Para o chefe do executivo da cidade de Alegria (RS), Gustavo Bigolino, o Fórum de consórcios públicos foi a parte da programação da Marcha que mais lhe chamou a atenção.

“Eu sou presidente de um consórcio da área da saúde que congrega 25 Municípios da fronteira noroeste do Rio Grande do Sul. Entendo que hoje os Municípios devem se reunir e tentar usufruir cada vez mais dos consórcios. Então, a intenção é aumentar a demanda, diminuir os gastos e expandir para outras áreas”, defendeu.

Orientações da CNM

Os participantes que fizeram credenciamento nesta segunda-feira não precisam passar pelo mesmo processo na terça-feira, 9 de abril, quando acontece a solenidade de abertura com o presidente Jair Bolsonaro. Quem já pegou a sua credencial hoje vai ter de passar amanhã pelas normas de segurança, que ficará sob a responsabilidade da Presidência da República.

Já os que deixaram o credenciamento para a terça-feira esse procedimento será feito pela Segurança da Presidência da República. Por isso, para a Confederação Nacional de Municípios (CNM) reforça a importância de que todos os inscritos façam o credenciamento, impreterivelmente, nesta segunda-feira.


Por: Amanda Maia e Allan Oliveira
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas