Home / Comunicação / Porto Alegre participa de projeto para deixar Município mais integrado

Notícias

13/05/2013

Compartilhe esta notícia:

Porto Alegre participa de projeto para deixar Município mais integrado

sxchuPorto Alegre recebeu na última semana uma proposta com as recomendações para tornar a cidade mais integrada e inteligente. O documento é resultado da participação do Município no programa IBM Smarter Cities Challenge que, este ano, analisou os processos das 36 cidades vencedoras ao redor do mundo com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento socioeconômico e capacitar líderes globais.
 
Durante um mês o grupo composto por seis executivos da IBM e da CITI se reuniu com diversas secretarias e departamentos do governo para levantar referências e informações sobre os processos relacionados à cidade e seus problemas.
 
A proposta contempla ações orientadas ao cidadão, que são de rápida implementação, baixo custo e alto impacto na vida da cidade. Por exemplo, a criação do Centro para a Cidade Cognitiva, que servirá como ponto central para que profissionais de diversos órgãos da prefeitura se reúnam para pensar, desenvolver e implementar novos projetos, avaliar planos externos, bem como atuar como catalisadores de inovação.
 
Faz parte das principais recomendações do time de executivos globais um portal para reunir informações referentes a custos, processos e monitoramento de todos os projetos aprovados pelo Orçamento Participativo. A ação permitirá a interação entre cidadão e governo.
E também a utilização de softwares capazes de detectar a satisfação da população sobre ações, projetos e notícias referentes ao governo e suas propostas, por meio de redes sociais e blogs. Além disso, a implantação de um ciclo fechado para o “156 Fala Porto Alegre”, com o objetivo de receber informações e reclamações dos cidadãos, assim como criar interação, melhor resposta e orientação aos mesmos.
 
Outra ação importante é informar a população sobre rotas disponíveis nos transportes públicos e implementar sensores de estacionamento para garantir a mobilidade e a qualidade no deslocamento na cidade. Também foi sugerido que se instrumentem táxis e veículos oficiais com aparelhos GPS e smartphones para tornar Porto Alegre líder em crowdsourced - modelo que utiliza a inteligência e o conhecimento coletivo e voluntário espalhados pela Internet para resolver problemas e gerar fluxo de informação.
 
Criado em 2011, o IBM Smarter Cities Challenge é um programa de responsabilidade social da IBM no qual a empresa investe US$ 50 milhões em um período de três anos para desenvolver ações que atendam aos desafios de 100 cidades. Os centros urbanos participantes são convidados a propor um desafio relacionado a sua infraestrutura. Nos dois primeiros anos do programa, o projeto realizou o trabalho em 64 cidades de todo o mundo.
 


Notícias relacionadas