Home / Comunicação / Prefeito de Alto Paraíso de Goiás recebe orientações sobre turismo na CNM e fala de investimento na área

Notícias

25/07/2019

Compartilhe esta notícia:

Prefeito de Alto Paraíso de Goiás recebe orientações sobre turismo na CNM e fala de investimento na área

Marco Melo/CNMApós o anúncio da rota turística Brasília – Chapada dos Veadeiros como um dos contemplados no programa federal Investe Turismo, nesta quinta-feira, 25 de julho, o prefeito de Alto Paraíso de Goiás (GO), Martinho Mendes da Silva, foi orientado sobre investimentos e outros temas na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM). A expectativa é que a região receba, por exemplo, melhorias na infraestrutura com a iniciativa.

Diante das dificuldades financeiras em um pequeno Município – de cerca de 7 mil habitantes –, o prefeito afirma que o turismo surgiu como uma fonte econômica para a região a partir dos anos 1970. “Vivemos praticamente do turismo, faz uma diferença enorme. Temos diversos atrativos e pessoas de 40 países diferentes vivendo lá. É um nível cultural altíssimo, o que também representa um desafio”, resume. Assista a entrevista em vídeo abaixo.

Entre as melhorias esperadas, o gestor exemplifica que a região já aguarda recursos para a construção de um portal turístico e uma praça de eventos, e tem expectativa de outros investimentos, como asfalto e calçamento. “As dificuldades são imensas na questão da infraestrutura, de sinalização. Então, esperamos que [com o Investe Turismo] possamos nos consolidar como um marco no turismo nacional”, acrescenta.

Ao lado do secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Moisés Neto, o prefeito recebeu informações sobre eventos da CNM que promovem troca de experiências e conhecimentos para impulsionar o setor, como o recente Seminário Nacional de Governança para o Turismo, em Capitólio, e o Seminário Turismo em Unidades de Conservação, que ocorrerá, em outubro, em Maragogi.

“O turismo é um dos principais vetores de desenvolvimento, especialmente para pequenos Municípios no Brasil, com tanta beleza cultural e natural”, destacou a técnica da área de Turismo da Confederação, Marta Feitosa. Por isso, ela ressaltou que é importante que as prefeituras nessas condições busquem informações para desenvolver o setor localmente.

Chapada dos Veadeiros
Localizada a 230 quilômetros de Brasília, Alto Paraíso de Goiás está na Chapada dos Veadeiros, região de cerrado com nascentes, rochas e belas cachoeiras. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é patrimônio mundial reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

17 ODS
O Município de Alto Paraíso de Goiás (GO) trabalha ainda para desenvolver os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). “Alinhamos PPA, LOA e LDO junto com o governo estadual, inclusive para nível de investimento”, conta o prefeito. Segundo ele, a meta é tornar o local a primeira cidade sustentável do Brasil. “Em Alto Paraíso, a questão ambiental e do ecoturismo é muito forte”, exemplificou.

Para dar mais força à iniciativa e desenvolver o projeto, o gestor buscou apoio da CNM e foi atendido pela técnica de assessoria internacional Isabella Santos, que trabalha a temática na entidade. “Queremos saber em que pode nos auxiliar, com orientação, levando palestras, por exemplo, para continuarmos evoluindo nessa pauta que julgo de suma importância”, contou. No Município, há dificuldades de recursos humanos, pessoas capacitadas para atuar na área, mas o maior entrave é a questão financeira. “Temos vontade de fazer, mas às vezes não conseguimos captar recursos”, completa.

Uma das iniciativas desenvolvidas nos últimos dois anos e que apresenta resultado é o projeto de saúde integrativa. “Precisamos fazer a política pública chegar em quem tem menos acesso. A Agenda 2030 é uma pauta mundial, a partir do momento que você a adota e toda a equipe compreende e a comunidade trabalha junto, abre portas. É uma pauta que os prefeitos devem procurar conhecer. Mesmo que não consiga fazer os 17 ODS, elege um, já é um bom começo”, aconselha Martinho Mendes.

Agenda 2030 

A Agenda 2030 traz os 17 ODS, que são objetivos que tratam de temas de interesse municipal por buscar melhorar a qualidade de vida da população global, trazendo metas específicas em áreas como saúde, educação e assistência social.

A CNM trabalha desde 2016 com a temática para que casos como o de Alto Paraíso possam ser conhecidos e avancem na implementação da Agenda. Os ODS oferecem oportunidades de atuação integrada para a gestão local ao tratar de temas transversais que englobam as diferentes áreas da prefeitura. Para isso, a Confederação disponibiliza materiais e um portal exclusivo sobre a temática. 



Por Amanda Martimon
Foto: Marco Melo
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas