Home / Comunicação / Prefeito de São Jorge do Patrocínio reforça importância de união em mobilização municipalista

Notícias

26/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Prefeito de São Jorge do Patrocínio reforça importância de união em mobilização municipalista

IMG 3565Na próxima semana, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), promove Mobilização Municipalista contra a Extinção de Municípios. A temática foi ressaltada pelo prefeito de São Jorge do Patrocínio (PR), José Carlos Baraldi, durante entrevista à Rádio CNM nesta terça-feira, 26 de novembro.

Na oportunidade, o gestor municipal reforçou a importância da união dos municipalistas na luta pelo avanço de pautas. “Tudo que a gente faz sendo integrado, a força aumenta. É muito mais força para conseguir as vitórias. A CNM vem avançando nesse setor de integração. Nessa próxima agora, da extinção dos Municípios, acho que tem que mostrar essa força. É uma decisão muito precipitada e tem que ser mais discutido”, complementou.

O prefeito retornou à sede da CNM após dois anos da última visita. Aproveitou que estaria em Brasília nesta semana, para sanar dúvidas sobre a Reforma da Previdência e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Eu volto para meu Município bem mais informado. A gente veio aqui com dúvida sobre a Reforma da Previdência e Fundeb e recebemos bastante orientação. A gente é muito bem servido e muito bem informado”, disse.

Mobilização Municipalista

No próximo dia 3 de dezembro, a CNM vai promover uma grande mobilização. A medida consta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 188/2019, que propõe a extinção 1.217 Municípios do país. Isso porque, entre outros pontos, o texto prevê que a localidade que não atingir, em 2023, limite de 10% dos impostos sobre suas receitas totais e que tenham população de até 5 mil habitantes será extinta.

Para participar, o gestor municipal deve confirmar presença até o dia 28 de novembro. A mobilização, que acontece no auditório Petrônio Portela no Senado Federal, a partir das 9 horas, visa pressionar, também os parlamentares para a aprovação de outras pautas prioritárias que tramitam no Congresso Nacional: 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de setembro, a inclusão de Municípios na Reforma da Previdência, a execução direta de emendas, o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e a Nova Lei de Licitações.

Leia Mais

Presidente da CNM convoca gestores para mobilização no dia 3 de dezembro

Por: Lívia Villela
Foto: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas