Home / Comunicação / Prêmio Municiência: faltam 5 dias para o fim das inscrições

Notícias

03/07/2019

Compartilhe esta notícia:

Prêmio Municiência: faltam 5 dias para o fim das inscrições

03072019 municienciaFaltam cinco dias para o fim das inscrições do prêmio Municiência deste ano, e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) incentiva os gestores locais a inscreverem suas ações inovadoras. Todos os Municípios ou consórcios intermunicipais com projetos em execução – que estão contribuído para a melhoria da gestão pública – podem participar do processo seletivo, cadastrando as iniciativas até o dia 8 de julho, no site do prêmio.

O edital e o cronograma estão disponíveis no portal. Além disso os inscritos devem ficar atentos à homologação, que sai no dia 10 de julho após as 17h. Serão 30 iniciativas selecionadas na primeira etapa, conforme critérios técnicos, regionais e de porte. Esses deverão complementar as informações e encaminhar um vídeo para a organização. A partir de então, serão conhecidos as 10 iniciativas finalistas, que serão contempladas com guias de reaplicação.

A ação é promovida pela CNM, no âmbito do Projeto UniverCidades – uma plataforma para o Desenvolvimento e Governança Municipal visa contribuir para o fortalecimento de capacidades locais de implementação de políticas públicas – e conta com o apoio da União Europeia. A CNM incentiva gestores e servidores municipais a conhecerem as iniciativas finalistas das últimas edições e os guias de reaplicação que estão disponíveis no site.

Conheça os 5 vencedores do MuniCiência em 2018:

Abaetetuba (PA): A iniciativa da Prefeitura Municipal de Abaetetuba está levando água potável para comunidades ribeirinhas. Desde setembro de 2017, a gestão municipal vem instalando, nas ilhas da região, unidades do sistema SALTA-z, desenvolvido pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que faz a coleta e purificação da água dos rios para consumo humano. Aproximadamente 40% da população de Abaetetuba mora nas 72 ilhas que compõem o Município. Antes da chegada do SALTA-z os moradores que não tinham condições de comprar água mineral engarrafada na cidade tinham de consumir a água dos rios.

Gurjão (PB): O Município do Cariri paraibano desenvolve o Programa de Protagonismo Juvenil (PPJ), uma iniciativa que promoveu o diálogo com os jovens da cidade e, a partir das demandas apresentadas, oferece testes vocacionais, cursos e oficinas que abordam temas como comunicação e mídias sociais, além de oratória e artesanato.

Rio Grande (RS): A iniciativa, que visa à preservação do patrimônio público, traz a arte do grafite às paradas de ônibus do Município, com imagens que destacam a fauna, flora, história e demais aspectos da cultura do Rio Grande. Com o objetivo de propor uma solução inovadora para o problema da depredação e desgaste dos abrigos de ônibus, a gestão municipal uniu esforços das secretarias de Cultura, de Mobilidade Urbana e Acessibilidade em um trabalho que promove a participação da comunidade local de artistas e vem contando com apoio dos munícipes. A primeira fase do projeto, já concluída, recuperou 100 paradas de ônibus com a arte de 10 artistas.

Santa Clara do Sul (RS): A iniciativa Santa Clara Tem Valor foi criada com o objetivo de conscientizar o consumidor de que as compras realizadas no Município geram impostos que fortalecem o governo municipal, dotando-o de melhores condições para realizar investimentos em áreas prioritárias como saúde, educação, segurança e infraestrutura, que respondem pela qualidade de vida dos munícipes.

São Bento do Una (PE): O projeto Estou Presente, Professor, do Município de São Bento do Una (PE), é exemplo de sucesso no combate à evasão escolar. A prefeita Débora Almeida apresentou os destaques da iniciativa, que reduziu de 17,8% para 0,27% o índice de abandono escolar na rede municipal de ensino. O Município vem diminuindo os índices de reprovação e a distorção idade-série, e apresenta evolução no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que nas séries iniciais passou de 2,5 em 2015 para 5,6 em 2017. Já nas séries finais, passou de 2,5 para 4,7. Atualmente, São Bento do Una é o primeiro colocado do IDEB nas séries iniciais do agreste meridional de Pernambuco, e segundo colocado nas séries finais.

Por: Mabilia Souza

Da Agência CNM de Notícias

 


Notícias relacionadas