Home / Comunicação / Presidente da CNM atualiza atuação do municipalismo e destaca importância da Fames em encontro com gestores sergipanos

Notícias

01/08/2022

Compartilhe esta notícia:

Presidente da CNM atualiza atuação do municipalismo e destaca importância da Fames em encontro com gestores sergipanos

52257258740 db75ebcf88 bO presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, participou na tarde desta segunda-feira, 1º de agosto, da abertura do Encontro de Secretários e Secretárias de Saúde do Estado de Sergipe, que está sendo realizado na sede da CNM em Brasília. O líder municipalista reforçou a parceria da entidade com os gestores sergipanos, atualizou o público sobre a atuação do movimento municipalista e pediu o apoio dos participantes para buscar novas conquistas.

O encontro com os gestores de saúde é promovido pela Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames) em parceria com a Confederação, com programação que se estende até o dia 3 de agosto. Acompanhado pelo presidente da Fames, Alan Nunes; e por integrantes da diretoria da CNM, Ziulkoski fez um histórico da atuação do movimento municipalista que tem a entidade municipalista sergipana como um de seus apoios. “A nossa parceria vai muito além da atuação política. A Fames sempre está conosco em busca de melhorias para a gestão”, reiterou o líder municipalista.

Mais uma vez, o presidente da CNM mostrou preocupação com o impacto da promulgação da Emenda Constitucional (EC) 124/2022 que instituiu o piso dos enfermeiros e os reajustes concedidos aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE). De acordo com o monitoramento feito pela CNM, tramitam no Congresso mais de 150 projetos de pisos, sendo mais de 50 para profissionais de saúde.WhatsApp Image 2022 08 01 at 16.17.33

Sobre esses temas, o presidente da CNM reiterou que nunca foi contra qualquer tipo de piso, mas que o governo federal deve garantir recursos para custear a criação e o reajuste dos salários desses profissionais. “A gente quer pagar o piso, mas a União tem que ser solidária conosco e repassar os recursos para pagar”, disse ao citar a atuação do municipalismo para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 122/2015, que proíbe a criação de novas despesas sem indicar a fonte de receita. “Essa PEC foi uma luta de oito anos e aguarda agora a promulgação. É uma das principais conquistas do movimento”, complementou.

Ao finalizar o discurso, o presidente da CNM destacou que cada vez mais o movimento municipalista deve concentrar esforços para alcançar novas conquistas. “Vamos continuar lutando para que vocês tenham recursos lá na ponta. Os nossos problemas têm solução, mas precisamos continuar unidos e a Fames é fundamental nessa parceria”, considerou Ziulkoski.  Além dos presidentes da CNM e da Fames, a mesa de abertura contou com a presença de representantes do Ministério da Saúde e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

 

Confira a Galeria de fotos. 

 

Por: Allan Oliveira

 

Da Agência CNM de Notícias 


Notícias relacionadas