Home / Comunicação / Retenções e bloqueios no repasse do FPM, CNM explica motivos

Notícias

16/06/2020

Compartilhe esta notícia:

Retenções e bloqueios no repasse do FPM, CNM explica motivos

Banco de imagemPelo menos 842 Municípios tiveram retenções no segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de junho, segundo dados do Banco do Brasil; e 776 prefeituras poderão ter bloqueados os recursos da próxima transferência, agendada para o sexta-feira, 19. Por conta do elevado número de atendimentos de gestores com dúvidas, a equipe técnica do Núcleo de Desenvolvimento Econômico da Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica os motivos.

No geral, as retenções ocorrem porque o Município deixou de cumprir obrigações correntes – patronal e/ou segurado – e parcelamentos. Em caso de inadimplência ou atraso no pagamento do Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), as prefeituras podem ter sua cota-parte do Fundo bloqueada. A CNM recomenda que, até termos a regulamentação das suspensões de que tratam a Lei Complementar 173/2020, os Municípios mantenham-se adimplentes nos pagamentos de obrigações correntes e de parcelamentos, de forma a evitar qualquer retenção no repasse do FPM.

A área de finanças da Confederação explica que Pasep não é obrigação objeto das suspensões trazidas pela legislação e que a Portaria 139/2020 do Ministério da Economia (ME) se aplica às competências de março e abril, postergadas para serem pagas junto com as competências de julho e setembro, respectivamente. As competências dos demais meses devem ser pagas normalmente.

O que fazer em casos de bloqueios?

A CNM orienta dois procedimentos básicos a serem tomados: identificar o órgão que realizou o bloqueio por meio do site da Secretaria do Tesouro Nacional (STN); e entrar em contata com o tal órgão para saber como proceder a regularização.

Devido a situação de pandemia do novo coronavírus, a RFB disponibiliza canal de atendimento emergencial para cada Região Fiscal, para que o Ente municipal possa enviar suas solicitações ou regularização das pendências das guias de pagamento. Segue abaixo quadro de informações:

atendimentorfb.01@rfb.gov.br  1ª Região Fiscal (DF, GO, MT, MS e TO)
atendimentorfb.02@rfb.gov.br  2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO e RR)
atendimentorfb.03@rfb.gov.br  3ª Região Fiscal (CE, MA e PI)
atendimentorfb.04@rfb.gov.br  4ª Região Fiscal (AL, PB, PE e RN)
atendimentorfb.05@rfb.gov.br  5ª Região Fiscal (BA e SE)
atendimentorfb.06@rfb.gov.br  6ª Região Fiscal (MG)
atendimentorfb.07@rfb.gov.br  7ª Região Fiscal (ES e RJ)
atendimentorfb.08@rfb.gov.br  8ª Região Fiscal (SP)
atendimentorfb.09@rfb.gov.br  9ª Região Fiscal (PR e SC)
atendimentorfb.10@rfb.gov.br  10ª Região Fiscal (RS)

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas