Home / Comunicação / Segundo dia de seminário aborda experiências de gestoras locais no enfrentamento à pandemia

Notícias

08/12/2021

Compartilhe esta notícia:

Segundo dia de seminário aborda experiências de gestoras locais no enfrentamento à pandemia

WhatsApp Image 2021 12 08 at 14.03.51O segundo dia do Seminário Hispano Luso Brasileiro - Políticas públicas de gênero no contexto da gestão local que é promovido pelo Movimento Mulheres Municipalistas (MMM) na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM) propôs o intercâmbio de experiências das gestoras locais no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Na programação desta quarta-feira, 8 de dezembro, diversas gestoras do Brasil, Portugal e Espanha apresentaram suas vivências e aprendizados que foram adquiridos ao longo dos últimos meses.

A primeira palestrante do dia foi a presidente da Câmara de Tavira, em Portugal, Ana Paula Martins, contou que apesar de Portugal contar com 308 Municípios, apenas 29 Câmara municipais são comandados por mulheres. Além disso, ela contou ainda a luta para que mais mulheres assumissem cargos políticos no país. “Cada vez mais as mulheres gostam e fazem questão de participar da politica”, disse.

Sobre os desafios da pandemia, Ana Paula Martins contou como ela e seu grupo de trabalho fizeram para enfrentar a doença. De acordo com a presidente da Câmara, a união dos diversos órgãos envolvidos e a formação de uma comissão de acompanhamento para que fossem tomadas as decisões de forma coordenada. “Nós percebemos que tínhamos que trabalhar em articulação e em parceria e essa rede foi essencial para gerir a pandemia”, contou.

Ainda de Portugal, a também presidente da Câmara de Vila Verde, Júlia Fernandes, também explanou as suas experiências. Envolvida com a política desde 1989, a presidente fez um breve resumo de sua trajetória e comemorou o fato de nos últimos anos as mulheres terem ganhado mais espaço no cenário, mas reforçou que ainda são necessários muitos avanços para que mais mulheres possam fazer parte da gestão pública.

“Nosso maior objetivo era proteger nossa população, com um objetivo sempre presente de não deixar ninguém para trás no meio de uma guerra que foi travada contra essa doença. Nós tivemos que encontrar as melhores ferramentas para conseguir combater e o trabalho em rede foi essencial para isso. As redes sociais foram muito usadas por nós para manter o maior número de pessoas informadas sobre cada decisão que foi tomada”, detalhou a presidente.

Experiência da Espanha
Outra gestora a compartilhar sua experiência foi a alcaldesa (equivalente a prefeita) de Lobios, Município espanhol, Maria del Carmen Yañez. Ela contou como conseguiu driblar os desafios da pandemia do coronavírus, tendo em vista que no início tudo parecia muito distante o que levou a população a agir como se a doença não fosse atingir o país, o que lamentavelmente não aconteceu e muitas pessoas foram infectadas por falta da utilização dos equipamentos de proteção. “ A expressão de que era uma simples gripe era o que mais se ouvia naquele momento”, lembrou a alcaldesa.

Assim como as outras expositoras, a gestora ressaltou a importância dos Municípios estarem unidos e agindo em conjunto para que se pudesse evitar o avanço da doença. Maria del Carmen Yañez contou como as ações decididas em conjunto foram importantes para frear os casos em seu Município.

WhatsApp Image 2021 12 08 at 14.03.49Experiência do Brasil
Uma das experiências brasileiras foi apresentada pela médica e prefeita do Município de Nova Ipixuna (PA), Maria da Graça Matos. A gestora que está em seu segundo mandato contou como a chegada do coronavírus no Estado movimentou as ações dos gestores locais. “A gente trabalhou com equipes multiprofissionais, pois essa doença mostrou que não dava para trabalhar só. Foi necessário reunir os diversos profissionais para tratar dessa questão que não foi só de saúde”, contou a prefeita.

A gestora ressaltou que dentre as estratégias adotadas pelo Município, o consórcio regional teve um papel importante no combate à doença. Além disso, ela apresentou as ações que foram tomadas para evitar o contágio da população. Maria da Graça contou ainda que a participação da sociedade civil foi necessária no momento de retorno das atividades no momento em que a pandemia começou a regredir com a vacinação da população.

Outra experiência foi apresentada pela ex-vereadora de Caxias (MA) e representante do MMM no Estado, Taniery Cantalice. A gestora ressaltou que a vacinação foi uma das medidas que trouxe maior visibilidade para o Estado. “Nós tivemos uma boa experiência com a vacinação e conseguimos atingir um grande número de pessoas e o trabalho de informar a população e as campanhas foram cruciais para diminuir o número de casos”, contou a ex-vereadora.

Para finalizar as apresentações das experiências do Brasil, a prefeita do Município de São João d’Aliança (GO), Débora Barros, falou das ações do Município durante a pandemia. “A gente nunca imaginava passar por uma situação dessa e ninguém estava preparado para essa situação. A quantidade de informações foi grande, e nós enquanto gestores tivemos que tomar decisões que afetaram diretamente a vida das pessoas”, lembrou.

A gestora também ressaltou que a vacinação foi a principal estratégia para minimizar a quantidade de casos de coronavírus. “Nós fomos exemplo no Estado na vacinação e conseguimos atingir um grande número de pessoas, e com a nova variante que surgiu agora eu continuo defendendo e pedindo que as pessoas se vacinem”, defendeu a gestora ao destacar as campanhas de conscientização sobre a importância da vacina.

A fundadora do MMM, Tania Ziulkoski, foi a mediadora do evento e agradeceu às gestoras pela participação no evento que reuniu as lideranças femininas para debater e apresentar as experiências da gestão pública feminina no combate a Covid-19. “Após as apresentações fica ainda mais evidente que além de uma questão de representatividade, a presença de mais mulheres na politica é sinônimo também de excelência na gestão”, finalizou Tania Ziulkoski.

Confira como foi o seminário

 

Confira a galeria de fotos do evento



Leia também:

Tania Ziulkoski abre evento sobre políticas públicas de gênero no contexto da gestão local
Políticas de gênero no ordenamento constitucional brasileiro são abordadas em Seminário do MMM
Palestras da Espanha, de Portugal e do Brasil destacam realidades, desafios e ações voltadas às mulheres


Da Agência CNM de Notícias 


Notícias relacionadas