Home / Comunicação / Turismo cresce 2,6% em 2019; CNM auxilia Municípios a desenvolver o setor

Notícias

17/02/2020

Compartilhe esta notícia:

Turismo cresce 2,6% em 2019; CNM auxilia Municípios a desenvolver o setor

Banco de Imagens EmbraturO índice de atividades turísticas no Brasil registrou crescimento de 2,6% em 2019 em comparação com 2018, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o instituto, os setores de locação de automóveis, de hotéis e de serviços de catering, bufê e outros negócios de comida preparada foram os principais impulsionadores da expansão no ano passado.

Para auxiliar os Municípios no desenvolvimento do setor, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) oferece suporte técnico e promove eventos com a temática, como os Encontros Brasileiros das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial e edições do Seminário Nacional de Governança para o Turismo em diversas cidades do país. “Em 2019, a CNM, cumprindo o seu papel no apoio a construção de políticas públicas municipais para o turismo, realizou os Seminários de Governança Nacionais e cursos por meio do CNM Qualifica com o objetivo de fomentar o ordenamento da atividade de forma organizada e regionalizada”, reforça a analista técnica em Turismo da Confederação Marta Feitosa.

Regionalmente, ainda de acordo com a pesquisa, nove dos 12 locais investigados registraram taxas positivas em 2019 no turismo. Os destaques foram São Paulo (5,1%), Ceará (4,8%), Minas Gerais (2,8%) e Rio de Janeiro (2,4%). Outro resultado positivo foi o crescimento de 3,4% em dezembro do ano passado em relação ao mesmo período de 2018 – o setor foi impulsionado pelo aumento de receita das empresas de locação de automóveis e de transporte aéreo de passageiros.

Em dezembro passado, as maiores altas foram nos Estados de Minas Gerais (6%), São Paulo (5,9%) e Rio de Janeiro (3,1%). Em contrapartida, os impactos negativos mais importantes vieram de Pernambuco (-3,9%) e da Bahia (-2,1%).

Da Agência CNM de Notícias, com informações do Ministério do Turismo 
Foto: Banco de imagens da Embratur


Notícias relacionadas