Home / Comunicação / Valor das terras no Brasil cresceu 308% nos últimos doze anos

Notícias

03/03/2015

Compartilhe esta notícia:

Valor das terras no Brasil cresceu 308% nos últimos doze anos

Pref. Àgua Azul do Norte (PA)A valorização de terras no Brasil cresceu 308% entre os anos de 2002 e 2013. Muito além da inflação, por exemplo. Em termos comparativos, a taxa de inflação, medida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi de apenas 121,9% no mesmo período. Um dos fortes motivos desta valorização é a produtividade agrícola. Ela tem correlação com o preço de terras de lavouras e de pastagem.

O aumento da produtividade agrícola estimula a demanda de terra. Além de ter o poder de esfriar uma eventual pressão sobre o aumento do preço. Os preços dos produtos agrícolas também forçaram a tendência crescente dos preços de terras de lavouras e de pastagens. Também contribui para a valorização de terras, o crédito rural, especialmente o de investimento. O estímulo ao crédito de investimento por meio de programas e políticas específicas foi essencial para a elevação do preço de terras e para a valorização.

A terra representa no Brasil 70,5% do valor dos bens existentes nos estabelecimentos agropecuários. Aproximadamente 60% do valor das terras do país encontram-se em estabelecimentos acima de 200 hectares. Os dados fazem parte de um estudo da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGE/Mapa) com a Universidade de Brasília.

 


Notícias relacionadas