Home / Comunicação / Cuiabá recebe lançamento do Prêmio ODS Brasil

Notícias

13/06/2018

Compartilhe esta notícia:

Cuiabá recebe lançamento do Prêmio ODS Brasil

O seminário de divulgação da 1ª Edição do Prêmio ODS Brasil ocorreu nesta quarta-feira, 13 de junho, em Cuiabá, com a presença de dirigentes de várias entidades e instituições. A premiação e os eventos de lançamento são iniciativa do Governo Federal e estão sendo realizados em todas as capitais. A agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) faz parte de um protocolo internacional e visa a construção de um modelo de desenvolvimento com metas a serem alcançadas até 2030.

O Governo Federal lançou o prêmio para contemplar iniciativas de todo o país que contribuam para o alcance das metas da agenda, constituída por 17 objetivos, 169 metas e 232 indicadores a serem cumpridos, entre os quais erradicação da pobreza, vida saudável, educação, gestão sustentável da água, proteção de ecossistemas, segurança alimentar, entre outros.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, participou do seminário e destacou que os prefeitos trabalham diariamente para alcançar os objetivos propostos e que muitas dessas iniciativas fazem parte do dia a dia dos gestores. “Temos inúmeras práticas inovadoras nos Municípios que não são conhecidas. Por isso esse prêmio vem no momento certo, pois as boas práticas devem ser reconhecidas, disseminadas e valorizadas”, assinalou.

Prorrogação do prazo
Fraga solicitou que o prazo de inscrições do prêmio, que será encerrado no dia 29 de junho, seja prorrogado para que mais Municípios tenham a oportunidade de participar. Os organizadores ficaram de estudar a possibilidade de estender o prazo. Poderão se inscrever os governos estaduais, Distrito Federal, governos municipais, organizações da sociedade civil com fins lucrativos e sem fins lucrativos. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas exclusivamente por meio eletrônico. Cada entidade poderá inscrever até três práticas, que devem ter, pelo menos, um ano de existência.

Os critérios adotados para avaliação dos projetos são: resultados gerados, participação dos beneficiários, replicabilidade, existência de parcerias, convergência com políticas públicas vigentes e aderência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. As práticas que ficarem em primeiro, segundo e terceiro lugares serão agraciadas com o Prêmio ODS Brasil 2018. A cerimônia de premiação será realizada no mês de dezembro, em Brasília.

O representante da secretaria de governo da Presidência da República, José Botelho Neto, disse que haverá seis edições do prêmio até 2030, sendo uma a cada dois anos. Ele ressaltou que se trata de uma agenda de Estado e não de governo. “A agenda perpassa todos os aspectos da vida do cidadão e nesse sentido os municípios são muito importantes, pois as pessoas moram nos municípios”, assinalou.

Participaram também do seminário, realizado na Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT, representantes do Governo do Estado, Federação das Indústrias de Mato Grosso, prefeitura de Cuiabá, UFMT, entre outros.

Agência de Notícias da AMM


Notícias relacionadas