Home / Comunicação / Ferramenta para eficiência e boa gestão de governos locais é apresentada em seminário da CNM

Notícias

22/03/2018

Compartilhe esta notícia:

Ferramenta para eficiência e boa gestão de governos locais é apresentada em seminário da CNM

22032018 seminario urbuthingsImagina ter acesso a todas as informações territoriais e urbanas de seu Município de forma simples e rápida? Isso já é possível e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) abriu espaço na programação do Seminário Espaço Municipalista: a Água e o Mundo para apresentar um sistema internacional que pode trazer uma nova realidade de eficiência e boa gestão aos governos locais. A ferramenta chamada UrbiThings é da empresa Arnaiz and Partners, parceira internacional da Confederação.

As atividades do seminário foram abertas, na manhã desta quinta-feira, 22 de março, com apresentação da UrbiThings. O proprietário da empresa, Leopoldo Arnaiz, falou sobre o sistema e destacou a importância de aliar a tecnologia à administração para obter resultados positivos. De acordo com ele, o sistema apresenta informações de todos os Municípios brasileiros, com riqueza de detalhes.

“A UrbiThings é o Google das informações Territoriais”, disse o representante do sistema, Filipe Rocha, durante apresentação aos gestores municipais. Por meio do sistema, é viável ter acesso a dados de mais de 500 mil territórios, desde unidades administrativas como sindicatos de nações, países, regiões, províncias, Municípios ou distritos até áreas protegidas ou áreas econômicas.

Segundo o representante, uma realidade dos Municípios é a dificuldades de armazenamento de informações para que sejam encontradas em tempo oportuno. Por meio da ferramenta, é possível encontrar informações atuais e passadas, além de mapas, de forma rápida e simples. O banco de dados fica armazenado em nuvem, que ainda facilita o armazenamento e ao acesso a essas informações.

Felipe explicou que UrbiThings cruza informações estruturadas e não estruturas para gerar análises e mapas. Dentre os exemplos mencionados por ele estão a possibilidade de identificar áreas e residências com risco de inundações, para que medidas preventivas sejam adoradas. Também é possível identificar possíveis problemas que causam fuga de receitas e ter conhecimento das legislações existentes, que regem sobre determinadas localidades.

Leia também: 

No Dia Mundial da Água, seca é tema de palestra na CNM

 

 


Notícias relacionadas