Home / Comunicação / Projetos paraenses voltados ao agronegócio são finalistas do MuniCiência

Notícias

30/04/2018

Compartilhe esta notícia:

Projetos paraenses voltados ao agronegócio são finalistas do MuniCiência

09082017 MuniCienciaProjetos focados no agronegócio dos Municípios paranaenses de Apucarana, de Ponta Grossa e de Cascavel estão entre os finalistas do prêmio MuniCiência, promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e pela União Europeia. As iniciativas foram destaques de matéria do jornal local Folha de Londrina, publicada no sábado, 28 de abril, com o título Com foco no agro, cidades do Paraná são finalistas em prêmio de inovação.

A matéria afirma que o Paraná se destaca quando o assunto é ideias inovadoras e vontade para criar e transformar a agricultura familiar. “Mais do que focar apenas no volume gigantesco de commodities produzidos aqui, é possível notar uma força de diversos Municípios para transformar a vida daqueles produtores pequenos, que representam a grande maioria no Estado”, diz o texto. Investimento, inovação e vontade política são as engrenagens para fomentar a produção diversificada e colocar esses produtores em outro patamar.

Com as afirmações acima, a edição da Folha Rural apresenta as ações dos três Municípios paranaenses que estão na final do Prêmio MuniCiência, que objetiva identificar, analisar, promover e compartilhar experiências inovadoras implementadas pelas prefeituras. Na lista final de inscrições homologadas do prêmio, Ponta Grossa apresentou quatro iniciativas. Delas, a Feira Verde é uma iniciativa municipal de incentivo à agricultura familiar e de destinação adequada de materiais recicláveis. Confira aqui

Cascavel apresentou 26 iniciativas inovadores da administração local, como por exemplo o Programa de Piscicultura, que propõe capacitação, tecnologias no sistema de implantação, manejo, mercado local com dois abatedouros em funcionamento e outro em andamento; o Programa Experimental do Cultivo do Alho e o Projeto de Olivicultura, que propõe diversificar o cultivo de produtos e oferecer alternativa de renda para os agricultores familiares. Confira aqui

Das 15 ações de Ponta Grossa inscritas no prêmio, se destacam as Hortas Urbanas, Sementes do Futuro e o programa Terra forte, criado para estimular a fruticultura como alternativa de renda para a agricultura familiar e, ao mesmo tempo, enriquecer a alimentação escolar. Confira aqui.

 Essa é a segunda edição do prêmio, e, na primeira etapa, a CNM recebeu 252 inscrições de projetos inovadores realizados em 102 Municípios brasileiros. Ao todo, 21 Estados estão representados. As três cidades paranaenses estão entre os 15 finalistas e a votação on-line está aberta até o dia 10 de maio. A previsão é de que as cinco iniciativas premiadas sejam reconhecidas durante a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada entre os dias 21 e 24 de maio.


Notícias relacionadas