Home / Informe

Capacitação técnica: Ferramentas Digitais do IBGE

LogoCNM                                                                                                     ibge logo

 

Capacitação técnica: Ferramentas Digitais do IBGE

Dia 29 de outubro, a partir das 8 horas, por transmissão online

 

  

O que é esse workshop?
É uma excelente oportunidade para a atualização de quem desenvolve atividades de planejamento e pesquisa nas organizações e para conhecer as ferramentas digitais do IBGE que permitem o acesso às informações disponibilizadas pelo Instituto.


Quais ferramentas serão apresentadas?
SIDRA – Sistema IBGE de Recuperação Automática - visa a facilitar à sociedade em geral e aos administradores públicos, por meio da Internet, o acesso gratuito em mais de 600.000.000 de informações agregadas possibilitando a geração de tabelas, gráficos e cartogramas;  BME – Banco Multidimensional de Estatísticas - torna possível o acesso, recuperação e manuseio dos dados coletados nos questionários de pesquisas do IBGE, reunindo mais de 1 bilhão de registros de informação propiciando a geração de tabulações especiais, existe custo para utilização deste serviço. 


Como participar?
A Rede Municipalista pode participar por meio da transmissão online nos canais do Facebook e Youtube da CNM

Conheça mais sobre as ferramentas/IBGE:


SIDRA
O Sistema IBGE de Recuperação Automática – SIDRA – visa facilitar aos administradores públicos e à sociedade em geral, através da Internet, a obtenção gratuita dos dados agregados de estudos e pesquisas realizados pelo IBGE. 


Com o SIDRA é possível consultar dados na forma de séries temporais, acompanhando seu comportamento ao longo do tempo, bem como ter os mesmos disponibilizados por níveis territoriais desagregados, como município, distrito e bairro, de modo a facilitar o conhecimento da realidade municipal. 


O sistema permite ao usuário:
- consulta universal através de navegador (browser) pela Internet;
- pesquisa por palavra-chave, temas etc;
- personalização das formas de apresentação das tabelas;
- visualização da tabela ou geração em arquivo;
- geração de gráficos a partir dos dados tabulares;
- envio de dados por e-mail a partir de agendamentos;
- visualização espacial dos dados através da geração de cartogramas;
- recuperação de séries temporais;
- funcionamento integral durante todos os dias da semana;
- facilidade de reprodução por qualquer órgão da administração pública que queira adotar uma estratégia tabular para a disseminação de seus dados agregados pela Internet ou Intranet.


Atualmente estão disponíveis planos tabulares de 33 pesquisas, totalizando quase 600 milhões de dados agregados. O processo de disponibilização de novos dados é contínuo, o que faz com que cresça, ao longo do tempo, a cobertura das informações passíveis de serem extraídas a partir destes dados. 


O SIDRA abrange:
- 33 pesquisas
- 371 variáveis agregados
- 972 tabelas
- 615 milhões de variáveis


E apresenta os seguintes temas:
- território
- população
- índices de preços
- emprego
- construção civil
- indústria
- comércio
- previsão de safra
- agricultura
- pecuária
- silvicultura
- horticultura
- extração vegetal
- orçamento familiar
- contas nacionais
- registro civil
- serviços
- empresas


BME – Banco Multidimensional de Estatísticas


O BME disponibiliza ferramentas de busca, recuperação e manuseio de informações estatísticas sob a forma de dados coletados nos questionários das pesquisas, mais conhecidos como microdados. 

No BME, cada questionário corresponde a um ou mais registros de informações, sendo a informação mais desagregada possível em uma pesquisa estatística. O resultado de uma consulta no BME é uma tabela agregada, onde a questão do sigilo da informação é respeitada.

É destinado aos profissionais envolvidos em tarefas de planejamento que precisem ter conhecimento da realidade nacional e a pesquisadores que necessitam construir suas próprias informações com os microdados disponíveis. 

O BME permite a consulta a mais de um bilhão de registros de informações sobre o Brasil. O acesso gratuito é restrito a algumas informações e pode ser feito através do endereço www.bme.ibge.gov.br na Internet. Já para realizar cruzamentos de dados, é necessária uma senha através assinatura.